Economista alerta sobre 'ressaca' do mercado de trabalho


PIMC - Belkis acompanha obras de recapeamento asfáltico


14o Festival de Música de Ourinhos abre inscrições para 36 cursos


Prefeitura promove tradicional Festa Julina na próxima sexta-feira no Monstrinho


Belkis assina convênio com o Fundo Social do Estado para projeto Horta Educativa


Ourinhos já conquistou 50 medalhas em Jogos Regionais


Associação Amigos da Terceira idade recebe doação de “Kit Padaria” do FUSSESP


PM’s prendem agressor da mulher no Jardim Josefina em Ourinhos


VAGAS DO PAT (POSTO DE ATENDIMENTO AO TRABALHADOR) - OURINHOS - PARA O DIA 30/06/2014


ILUMINAÇÃO PÚBLICA E SUA TAXA TRAZEM PREJUÍZOS ELEITORAIS AOS VEREADORES DE OURINHOS.

ILUMINAÇÃO PÚBLICA E SUA TAXA TRAZEM PREJUÍZOS ELEITORAIS AOS VEREADORES DE OURINHOS.

TAXA COBRADA PRA QUÊ?

          Motivo de reclamações diversas, a falta de iluminação e trocas de lâmpadas na cidade, que vem sendo punida constantemente com o aumento da criminalidade e angústia dos moradores que se sacrificam ao transitarem pelas ruas mais atingidas, essa falta de iluminação adequada e troca de lâmpadas queimadas, segundo levantamento já passando de 2500 lâmpadas, foi motivo de pronunciamento na Câmara Municipal, inclusive com comentários irônicos nos bastidores, tendo em vista a TAXA de ILUMINAÇÃO aprovada em plenário no Legislativo pelos próprios vereadores que agora, segundo eles mediante a realidade dos fatos, nada foi feito até então, ou seja, não foi cumprido o combinado entre Legislativo e Executivo, que não trocaram as lâmpadas queimadas e tampouco melhoraram a iluminação nos pontos falhos.

Vereadores querem revogação da TAXA de ILUMINAÇÃO


          Agora que a TAXA de ILUMINAÇÃO está sendo cobrada dos vereadores que aprovaram a Lei estão querem revogá-la para que não mais seja cobrada da população, diante da falta de contrapartida ao pagamento, ou seja, por não terem sido realizados os serviços combinados.
          Os vereadores disseram que ficou muito ruim pra eles terem aprovado a TAXA, uma atitude anti-social não esperada por seus eleitores que lhes trarão prejuízos eleitorais diante do não cumprimento do acordo, de melhorias nos serviços e de onde a cidade estaria sendo bem servida.


         A Câmara estará convidando ou requerendo a presença do Secretário de Finanças do Município, para explicações em plenário sobre a contratação de empresa terceirizada para a troca de lâmpadas e sobre o “quantum” está sendo arrecadado pela TAXA de ILUMINAÇÃO, até agora indefinido, que deve ser aplicado unicamente na iluminação pública que, segundo disseram, está sendo utilizado em outro lugar.

          Tiro no pé??

Deputado não traz segurança para Ourinhos mas leva curso de medicina para Assis


PRF de Ourinhos e Marília prendem traficante com 18 Kgs de cocaína em Hylux de Cascavel-PR


PRF de Ourinhos e Marília prendem traficante com 55 Kgs de cocaína em Hylux de Maringá-PR


PM’s de Ribeirão do Sul prendem indivíduo com revólvel, espingarda e munições


ÓRION - PRIMEIRO SUPER-HERÓI DE OURINHOS - (vIOLETA Décima segunda parte)