Ministro Kassab diz que Banda Larga será limitada





13/01/2017
SEGUNDO SEMESTRE

Ministro Kassab diz que Banda Larga será limitada


Resultado de imagem para internet limitada


Ano passado a empresa Vivo anunciou que sua internet Banda Larga tomaria os padrões da internet móvel: limitada. Logo a Anatel disse que não iria aderir a nova regulamentação. Menos de um ano depois, o fato voltou entrar em pauta. Quinta-feira (12), o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, disse que a regulamentação de limitar a banda larga pode acontecer este ano.

Em entrevista ao Poder360, Gilberto Kassab garantiu o fim da internet ilimitada na banda larga fixa para o segundo semestre de 2017. Ele disse que a prática será boa para o setor. "O nosso objetivo é beneficiar o usuário. O Ministério trabalha pra que o usuário seja cada vez melhor beneficiado com melhores serviços", disse.

Haverá um período de adaptação para os atuais assinantes de banda larga, já que o pacote deve alterar de preço e pode aumentar significativamente. Kassab ainda defende a ideia e diz que "esse serviço seja o mais elástico possível, mas tenha um ponto de equilíbrio, porque as empresas têm seus limites".

Ponto de equilíbrio 

O ministro foi questionado sobre os problemas que seriam originados por essa imposição de limite na conexão dos brasileiros, o ministro esquivou. "O governo vai estar sempre ao lado do usuário, vai ficar muito claro isso. O problema não é a redução, o problema é ponto de equilíbrio", conclui.

Caso a regulamentação entrar em vigor, a banda larga ficará limitada por mês, para downloads e uploads, ou seja, terá um limite de quanto você pode navegar pela rede. Caso ultrapasse o pacote escolhido, por exemplo 10Mb, a conexão pode ter a velocidade reduzida ou finalizada até o próximo mês. No caso dos celulares, é possível pagar para aumentar a franquia.

Resposta 

Alguns membros brasileiros da Anonymous já estão se movimentando para realizar uma resposta a regulamentação. A #OpOperadoras. Como um chamado para outras legiões, a AnonBRNews e AnonOps enviaram uma mensagem para governo e operadoras: "não se atrevam".

A Anonymous já sequestrou computadores da Anatel e está disposto a realizar mais ações se a regulamentação da internet for limitada.

Já as células AnonBRNews e AnonOps, sobre as declarações do ministro Kassab, comentaram o seguinte, na íntegra: "Acabou a novela. Ministro diz que haverá, sim, limite na internet fixa no Brasil. Chegou a hora da internet dizer aos novos governantes quem é que manda nessa p*rra! Não se atrevam. Com amor, o povo".
Redação Bonde

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.