Sucesso marcou a primeira apresentação de “PALCO LIVRE DAS ARTES”


Sucesso marcou a primeira apresentação de “PALCO LIVRE DAS ARTES”



















PALCO LIVRE DAS ARTES despertou a atenção dos cidadãos ourinhenses e visitantes que circularam pela cidade na manhã de sábado, um fato inusitado, nunca apresentado, mas que com profissionalismo, respeito e carinho pelos que assistiram provou que veio pra ficar.

















Uma determinação do prefeito Lucas Pocay dentro do Projeto CIDADE VIVA, PALCO LIVRE DAS ARTES promete incluir e promover nossos talentos, inclusive os até então ocultos, com a participação efetiva da Prefeitura Municipal que


 instalará os palcos itinerantes onde poderão se apresentar músicos, dançarinos (as), atores, poetas, artistas plásticos e demais manifestações culturais, alegrando a cidade e divulgando a cultura.




















O incentivo cultural em sua primeira apresentação contou com a presença de um público completamente diversificado entre idosos, adultos, jovens e crianças que se deslumbraram com os inúmeros atos ali praticados, onde a 


dança e a música se compuseram livre, espontânea, sem preocupações, buscando mostrar aos que assistiram e aos possíveis novos talentos que se apresentarão nos próximos eventos, 


nossos artistas não divulgados, talvez até mesmo descobrindo talentos “gema da terra”, levando conhecimentos e representando nossa cidade nos mais longínquos palcos da nação brasileira e, por que não? No exterior.

Lucas Pocay com sua mulher, Clara, estiveram prestigiando o evento, inclusive discursou, e em entrevista disse:



“Sou apaixonado pela cultura, por artes, dança e música, além de que foi meu pai (Claury) quem criou as escolas de música e bailado na cidade. NUNCA prejudicaria essas escolas.
A idéia é muito maior, mas é mais fácil se acomodar do que querer mudar para avançar e crescer. Mesmo que para alguns o interesse pessoal fale mais alto, o meu objetivo será sempre fazer uma cidade melhor e com ações e projetos voltados para todos da população.


Todos nós não aguentamos mais os problemas nas mais diversas áreas, e queremos a solução o quanto antes.
Entendo muito esse momento, e faremos muito por Ourinhos, mas pegamos uma 


cidade abandonada e quebrada financeiramente, por isso peço paciência e que confiem em nossa gestão.
Completamos apenas a primeira semana e já iniciamos várias ações. Vamos juntos! Continuo à disposição. A mudança será feita com respeito a todos”.


Paulo Flores, Secretário de Cultura, explicou o que é o PALCO LIVRE DAS ARTES e agradeceu:
 “Pelo que vimos hoje aqui no calçadão a população ourinhense acolheu muito bem essa iniciativa, o ‘Palco Livre das Artes’ já foi um sucesso em sua primeira edição. Esse trabalho é fruto da dedicação e do amor de muitas pessoas pela arte e sei que vai conquistar ainda mais amantes da cultura. Na próxima quarta-feira o ‘Projeto Palco Livre das Artes’ estará na Feira da Lua na Praça da Vila Kennedy e na quinta-feira na da Cohab”.












Com a participação efetiva de Rodrigo Donato, professor de música e também um dos colaboradores do evento, alunos (inclusive o irmão de Lucas), dançarinos e dançarinas, capoeiristas, poetas e demais artistas o lançamento do Projeto Cultural encantou comerciantes e cidadãos que circularam pelo Calçadão de Ourinhos.

O sucesso do evento empolgou a todos e o prefeito Lucas Pocay garantiu sua continuidade com apresentações semanais espalhadas pela cidade, 

com oportunidades visíveis aos iniciantes, tanto no Calçadão, Praça Mello Peixoto e demais, nas Feira’s da Lua da Vila Kennedy e COHAB e escolas, o que contribuirá na diversidade artística e socialização inclusive de grupos artísticos ainda inominados, o que poderá repercutir regionalmente, integrando e promovendo a cultura em Ourinhos como pólo regional.


Quem desejar participar dos eventos deverá se inscrever na Secretaria Municipal de Cultura, localizada na Av. Rodrigues Alves, 170, centro de Ourinhos, fone (14) 3302 3344.

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.