Cor da urina pode revelar problemas de saúde


Resultado de imagem para urina



Cor da urina pode revelar problemas de saúde

Além da cor, o aspecto e o odor da urina podem indicar problemas como intoxicação e outro problemas
 
São Paulo, 7 de fevereiro de 2017 - Já é certo que, mais do que apenas uma excreção humana, a urina pode ser uma forma de saber como anda a saúde de alguém.
 
Justamente por ser resultado de um processo de filtração de “impurezas” do sangue no sistema urinário, o líquido expelido pelo corpo pode ter características que revelam doenças e anormalidades. “É sempre importante estar atento aos seus hábitos e a cor da sua urina para prevenir complicações”, diz o Dr. Alexandre Crippa, coordenador do Núcleo de Urologia do Hospital Samaritano.
 
A urina saudável é a amarela clara, com o odor típico, mas não intenso. Uma urina amarelo escuro ou mel pode indicar um quadro de desidratação, enquanto uma que efervesce ou espuma demais, quando persistente, indica excesso de proteínas ou problemas renais.
 
Existem cores específicas que indicam problemas mais graves. A urina laranja, por exemplo, se for contínua, pode estar ligada a um problema de fígado ou vesícula. “Em caso de urina rosada ou avermelhada, se ela persistir por muito tempo, pode ser sinal de problema na próstata, infecções e até tumores”, afirma o especialista.
 
Para o diagnóstico de problemas urinários, os exames realizados dependem das possíveis causas da mudança de coloração da urina e dos sintomas que o paciente apresenta. Por exemplo, em casos de urina marrom também são solicitados exames relacionados ao fígado. Em geral, Urina I e Urocultura são os principais exames no diagnóstico de doenças urinárias.
 
Beber muita água, no mínimo dois litros por dia, é uma medida bastante eficaz para ajudar no funcionamento do sistema urinário e, consequentemente, na boa saúde da urina. “Para uma pessoa adulta, o ideal é que se faça, em média, 1,5 litros de urina por dia”, comenta o médico. Essa quantidade equivale, aproximadamente, a cinco idas ao banheiro no dia para micção. É imprescindível que as pessoas sempre prestem atenção no que elas excretam, e em caso de alteração persistente nas características da urina, buscar um especialista.
Hospital Samaritano de São Paulo
Um dos principais centros de excelência em saúde do País, o Hospital Samaritano de São Paulo completou 121 anos de atividades em 2015. Fundado em 25 de janeiro de 1894, nasceu como primeiro hospital privado da capital paulista e hoje é uma das poucas instituições de saúde que permanece em atividade, em duas passagens de séculos, com recursos do próprio negócio.
É um hospital especializado em Cardiologia, Gastroenterologia, Neurologia, Ortopedia, Oncologia, Trauma, Transplante, Urologia e Ginecologia, Obstetrícia e Perinatologia, com atendimento completo e integrado aos pacientes, com acompanhamento em todas as etapas do tratamento. Além disso, oferece Serviço de Emergência Especializada 24 horas em Ortopedia, Cardiologia, Neurologia e Trauma.

O Complexo Hospitalar do Hospital Samaritano conta com 19 andares, 310 leitos de internação e Unidade de Terapia Intensiva, além de um Centro Cirúrgico com 16 salas para a realização de procedimentos de alta complexidade. Desde 2004, é certificado pela Joint Commission International (JCI), um dos mais importantes órgãos certificadores de padrões de qualidade hospitalar no mundo.

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.