GIRO UOL 28/03/2017



GIRO  UOL
28/03/2017


Desistência anunciada
Pedro Ladeira/Folhapress
Sob pressão da base aliada e do setor empresarial, o presidente Michel Temer desistiu da aprovação de um projeto mais brando para regulamentar a terceirização no país. No fim de semana, o peemedebista foi convencido a sancionar com vetos parciais a proposta aprovada na semana passada, criticada por integrantes do governo por ser 'muito dura'.

Inicialmente, a ideia do presidente era fazer uma espécie de fusão entre as duas propostas, substituindo pontos exagerados da aprovada pela Câmara por trechos mais brandos da analisada pelo Senado. 
Argumentos para cassar Temer
Roberto Jayme/ Ascom/TSE
Perguntas feitas pelo ministro Herman Benjamin, do TSE, a delatores da Odebrecht indicam que a chapa Dilma-Temer usou dinheiro de propina em campanha, pagou caixa 2 para comprar apoio de partidos e não declarou parte do orçamento de campanha. Esses argumentos devem ser utilizados para embasar a posição dele no processo que pode cassar o atual presidente.

De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, Benjamin insistiu nesses temas e chegou a indicar o posicionamento durante os depoimentos. O ministro não se manifesta sobre o voto, por causa de sigilo. 
Preço da carne brasileira sobe no exterior
Leonardo Benassatto/Framephoto/Estadão Conteúdo
Os temores de que o preço da carne brasileira cairia após a operação deflagrada pela PF não se confirmaram, de acordo com dados da Secretaria de Comércio Exterior.

A redução da oferta com a presença menor do Brasil no mercado externo acabou pesando, e os preços subiram na semana passada. A alta, embora pequena, ocorreu nas carnes de frango e suína. A bovina ficou estável. 
Novas regras da aposentadoria
Getty Images/iStockphoto
Depois da avaliação de que existe um impasse jurídico na retirada de servidores estaduais e municipais da reforma da Previdência, o presidente Michel Temer quer estabelecer um prazo de seis meses para que Estados e municípios elaborem as próprias regras para mudanças na aposentadoria.

Pela proposta, caso as reformas locais não sejam aprovadas em 180 dias, passariam então a valer as regras estabelecidas pelo Congresso. 
Cunha x Moro
Ueslei Marcelino/Reuters
O juiz federal Sergio Moro rejeitou o pedido de suspeição contra ele mesmo feito pelos advogados do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). O pedido de suspeição é feito quando uma das partes da ação acredita que o juiz analisa o caso de forma tendenciosa ou tem interesse em condenar ou absolver o réu.

Na decisão, Moro disse que a defesa 'beira a irresponsabilidade'. O juiz critica o uso de 'argumentos improcedentes no processo penal' e diz que Cunha questiona a imparcialidade dele como juiz 'sem que haja qualquer motivo minimamente concreto'.
Fim da crise hídrica em SP
Nilton Cardin/Estadão Conteúdo
A Sabesp anunciou o fim da crise hídrica que atingiu o Estado de São Paulo nos últimos anos. Além disso, a empresa divulgou que fechou o ano de 2016 com lucro recorde de quase R$ 2,9 bilhões.

De acordo com as regras da empresa, 75% do lucro vai ser reinvestido em saneamento no Estado. 
Ciclone Debbie chega à Austrália
AuBC via AP
O ciclone Debbie chegou à costa da Austrália por volta 11 horas da noite de ontem, no horário de Brasília, com ventos de 270 km/h.

Uma das mais potentes tormentas dos últimos anos, o ciclone alcançou a categoria 4 ao atingir a Ilha Hamilton. Até o momento, 3.500 pessoas foram evacuadas das cidades de Home Hill e Proserpine. 
Brasil em campo
Pedro Martins/MowaPress
A seleção brasileira entra em campo hoje contra o Paraguai para garantir matematicamente a vaga na Copa do Mundo da Rússia. Para isso, além da vitória, o time comandado por Tite também precisa torcer por tropeços de Chile e Equador. Se ganhar o jogo, o Brasil também volta a ocupar a liderança do ranking da Fifa, fato que não acontece há sete anos.

Você acompanha este jogaço ao vivo a partir das 21h45 pelo aplicativo Placar UOL ou pelo site uol.com.br.

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.