O Hospital de Oncologia de Ourinhos "foi ou não" CREDENCIADO PELO SUS?



O Hospital de Oncologia de Ourinhos "foi ou não" 
CREDENCIADO PELO SUS?
Resultado de imagem para HOSPITAL DE ONCOLOGIA DE OURINHOS

O ourinhense que costuma ler, assistir noticiários sérios e acompanhar as políticas financeiras e sociais de sua comunidade, afastando boatos maldosos, a ignorância dos mentirosos de plantão e até mesmo de falsas modéstias, sabe muito bem que existem problemas sérios em todas as cidades brasileiras, não havendo muita diferença entre uma ou outra cidade, porém, de forma pontual há observar que muitas vezes os noticiários e boatos acabam por criar um celeuma indescritível na sociedade, quase sempre maléfico aos resultados finais, quando é encarado friamente pela maioria da população que percebe uma grande “balela” daqueles mais interessados em burlar a boa-fé dos cidadãos, em especial dos menos favorecidos pela sorte.

Temos um Projeto de Oncologia sendo executado paulatinamente na cidade de Ourinhos, ao rigor das leis e normas existentes, tanto que há anos vem sendo anunciado como certo, mas ainda assim colocando a sociedade em dúvida quanto ao seu início de serviços autorizados, o que torna difícil, com tantos argumentos de um lado e de outro, entender a real situação, colocando em estado precário a finalização desse empreendimento de iniciativa privada, mas dependente de “autorizações” mais políticas que de direito público, pois é unânime o fato de que a infraestrutura material e clínica esteja satisfeita.

Daí o inconformismo quanto ao fornecimento de uma “autorização” declaradamente política, em detrimento de centenas de pacientes/vítimas da falta de escrúpulos dos interesseiros particulares, que colocam seus interesses particulares à frente dos interesses públicos, do sofrimento dos atingidos por essa maldita doença, idosos, adultos e crianças, mulheres e homens que muitas vezes já trabalharam muito, contribuindo para que seus filhos, eles próprios ou seus pais e avós tivessem uma vida saudável e confortável, porém, hoje vítimas da indiferença de algo talvez oculto por politicagem barata, que penaliza de forma horrível centenas e até milhares de pessoas em nossa região.

Na segunda-feira, dia 27de março/2017, surgiu uma notícia, veiculada nas redes sociais pelo deputado federal Capitão Augusto, mas que ainda devemos nos certificar da veracidade, de que o credenciamento ao SUS para o Hospital de Oncologia de Ourinhos, embora em plenas condições de atendimento já comprovado pelo Ministério da Saúde, teve um abalo em sua conquista quando o Secretário de Saúde do Estado de São Paulo, Davi Uip, após seis meses de análise concordou (não havendo outra forma) com o Relatório técnico do Ministério da Saúde, porém, segundo o deputado federal está informando, o que é muito sério, é que o próprio Secretário de Saúde de São Paulo, Davi Uip, telefonou aos responsáveis pelo fornecimento do dito documento, solicitando que não fosse concedido o credenciamento do SUS ao Hospital do Câncer de Ourinhos, o que segundo qualquer entendimento, é muito grave para a população ourinhense, repisando ter ainda que confirmar tal informação veiculada pelo deputado federal Capitão Augusto nas redes sociais.

Daí o inconformismo quanto à classe política quando o assunto é de interesse público, em especial a Saúde Pública, pois não é possível entender uma situação como essa, exposta a toda região interessada nos serviços de oncologia a serem praticados pelo Hospital de Oncologia de Ourinhos após o credenciamento pelo SUS, NEGADA POLITICAMENTE, não estando aqui defendendo este ou aquele, mas apenas os interesses públicos, as vítimas dessa enfermidade que aguardam ansiosamente pelo “último” conforto de terem o tratamento oncológico às portas de suas casas, em Ourinhos.


Dessa forma, o PODER PÚBLICO “DEVE”, de forma isenta, esclarecer a sociedade o mínimo, A EXISTÊNCIA OU NÃO DO CREDENCIAMENTO AO SUS PARA O HOSPITAL DE ONCOLOGIA DE OURINHOS, a verdade dos fatos.

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.