Superintendente da SAE vira coletor de lixo por um dia para identificar necessidades dos servidores


Superintendente da SAE vira coletor de lixo por um dia para identificar necessidades dos servidores


O superintendente da SAE, Luis Augusto Perino, passou a manhã de quarta-feira (22) sentindo na pele como é o trabalho dos coletores de lixo. O objetivo foi conhecer mais o dia a dia dos funcionários da SAE e identificar as reais necessidades desses servidores, a fim de melhorar as condições de trabalho para isso ele passou um dia trabalhando como coletor.


Logo pela manhã, Perino já participou dos exercícios que antecedem a jornada de trabalho da equipe coletora. Duas vezes por semana, eles recebem a visita de uma profissional que passa uma série de alongamentos para evitar lesões musculares. Feito isso, é hora de colocar a mão na massa.
Com equipamentos de proteção, a equipe sai às ruas para fazer a coleta do lixo. Enquanto o motorista guia o caminhão, os coletores seguem atrás recolhendo os sacos plásticos. Perino não poupou esforços e teve, de fato, seu dia de coletor de lixo. Ao lado dos servidores, ele correu, recolheu sacos plásticos, suou a camisa e terminou seu turno com êxito.



“Como superintendente, preciso conhecer todos os setores da SAE. Então, tenho visitado todos eles. Já fui fazer o acompanhamento de substituição de cano de água, já participei da limpeza dos nossos tanques de decantação da nossa estação de tratamento de água, e agora, o que estava faltando era fazer a coleta de lixo. Só participando das ações que a gente pode ter uma ideia do que é a SAE para, a partir daí, poder trabalhar na superintendência com conhecimento de causa e fazer o melhor possível. Sem conhecer as áreas da autarquia fica difícil de trabalhar”, pontua.

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.