Delação não, COLABORAÇÃO PREMIADA, é possível em Ourinhos???


Delação não,

COLABORAÇÃO PREMIADA

é possível em Ourinhos???


Não sabemos efetivamente como estão os andamentos das ações judiciais propostas e as encaminhadas ao Ministério Público pela Câmara Municipal até o ano de 2016, mas com certeza a passos miúdos, mesmo porque as investigações realizadas na Câmara Municipal de Ourinhos não foram assim tão contundentes em vários processos, tal como o da LAVAJATINHO, onde empresas do Paraná participaram ativamente de fraudes em licitações na Prefeitura que envolveram valores em torno de 06 milhões, dos VALES TRANSPORTES AVOA/PMO, onde até a morte do servidor/fiscal Maximiliano, não explicada realmente até mesmo pela Polícia, contribuiu para um desfalque de mais de 04 milhões e, ainda, entre muitos outros processos, a falta de licitação e continuidade dos trabalhos de transporte coletivo realizados pela empresa AVOA/CCO, ao município nos últimos 30 anos, um fato incomum, que se sobrepõe às leis, não desmerecendo os trabalhos realizados pela empresa, mas que causa muita estranheza, assim como o caso do IPMO, o silêncio de tudo e de todos nos muitos milhões que envolvem os cofres públicos, os todos servidores do Executivo, Legislativo e mesmo possivelmente do Judiciário e Ministério Público envolvidos que até o momento nem nomes foram citados em todas as esferas públicas de talvez todos os poderes tanto na omissão como na própria ação direta nos crimes praticados contra a população.

Ninguém foi "convidado" a COLABORAR com a Justiça???

Senão em valores e número de pessoas envolvidas, não há diferença do que ocorre ou ocorreu no Brasil, com todo esse estardalhaço de hoje, para Ourinhos, onde os crimes até então não foram de todo expostos e a população atingida pouco sabe, sendo certo que até mesmo o Legislativo supostamente omitiu, em seus relatórios, a participação de muita gente, que diga-se receberam propinas das empresas e fizeram concessões (como no caso Odebrecht)  para se omitirem, se calarem e até mesmo defendessem a falta de licitações, licitações fraudulentas, entrega de materiais fictícios, supostos serviços, alta de preços de serviços públicos já superfaturados, fraudes de todos os tipos que permearam a Administração e que continuam camuflados à sociedade, a opinião pública, embora de conhecimento de muita gente que, como cidadãos deveriam reconhecer o mal que fizeram ao povo de Ourinhos e colaborarem com as investigações.

Nem se diga que não há colaboradores dispostos a confiarem seus conhecimentos à Justiça, pois estes aguardam serem acionados, até mesmo buscados para que colaborem, não só vereadores e ex-vereadores de amplo conhecimento e participação, servidores públicos, mas até mesmo nas empresas, entre sócios e funcionários, há com certeza expectativas, sendo certo que a população não pode continuar na desesperança, na falta de informações e invadida por contra-informações que destoam da realidade para que se calem, ameaçadas e até punidas para o silêncio.

Ourinhos merece esclarecimentos, aguarda, como a nação brasileira, que seus colaboradores e autoridades pertinentes atuem com firmeza e seriedade no combate aos crimes e a impunidade que reina absoluta sobre o mar de lama que se tornou a cidade, com prejuízos inestimáveis mantidos pelos pagadores de impostos, que extorquidos e extorquidores hoje arrependidos, os cidadãos honestos e sérios que sustentam o município como todos os brasileiros sustentam a nação nessa torrencial chuva de corrupção, explorados, escravizados cada qual em seu triste escalonamento, que se manifestem, informem de um jeito ou de outro o que aconteceu ou acontece na cidade.

Por quê ou pra quê um Legislativo calado, omisso ou até participativo na continuidade da impunidade?? O povo não precisa disso.

Quantos milhões simplesmente sumiram dos cofres públicos e até hoje nada voltou?? O povo quer o dinheiro de volta!!!   Xôôôo  IMPUNIDADE!!!

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.