Fundo Social busca parcerias de empresas para realização do Yakissoba na FAPI 2017



Fundo Social busca parcerias de empresas para realização do Yakissoba na FAPI 2017


Clara Pocay, primeira dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade

O Fundo Social de Solidariedade, responsável por realizar o Yakissoba da FAPI, está em busca de parcerias para a realização desta ação beneficente. A ideia é simples: estabelecer parceria com empresas e pessoas que gostariam de contribuir para a realização dos projetos sociais desenvolvidos pelo Fundo Social de Ourinhos.
As empresas que colaborarem com o Fundo Social na realização do Yakissoba da FAPI, além de promoverem a responsabilidade social, terão suas marcas vinculadas a esta ação social, podendo estampar sua logomarca no local do evento durante a FAPI em banners, objetos, nas divulgações das redes sociais e até nas 5 mil caixinhas em que o Yakissoba é servido.
As empresas parceiras terão sua marca exposta na maior Feira de entretenimento e agronegócio do Centro Oeste Paulista.
A FAPI 2017 acontece entre os dias 2 e 11 de junho. Ao longo desses dez dias são esperados 1 milhão de visitantes vindos de todo o Brasil. O público é atraído por atrações programadas para toda a família, com shows de renome, parque de diversões e especialmente praça de alimentação, que inclui o espaço do tradicional Yakissoba.
O Yakissoba da FAPI é o evento de maior destaque e arrecadação realizado pelo Fundo Social. Toda a renda arrecadada com a venda do Yakissoba é revertida para as ações realizadas pelo Fundo Social ao longo de todo o ano. Todos os projetos e programas profissionalizantes promovidos pelo Fundo Social são direcionados aos cidadãos de baixa renda de Ourinhos que carecem de oportunidades.
Além de dar continuidade aos projetos e ações já realizadas pelo Fundo Social, a nova gestão do Fundo, sob a presidência de Clara Pocay, pretende realizar uma nova abordagem do conceito de solidariedade, ampliando a perspectiva dos cidadãos sobre a importância do envolvimento de cada um na construção de uma sociedade mais justa e fraterna.
“O propósito é ampliar o conceito de solidariedade de maneira a despertar nas pessoas a consciência de que todos os cidadãos são doadores e receptores. Todos têm algo valioso a compartilhar, desde um bem material, o conhecimento ou mesmo atenção ou tempo. Todo mundo é abundante em algo.  Assim como cada pessoa tem algo a oferecer, em algum lugar há alguém necessitado em receber. A crença na escassez, na falta, estimula o acúmulo e aumenta a distância entre as pessoas. Tudo isso impede o natural fluir da energia de troca, que estende a abundância a todos os seres. Por isso, é preciso estimular nas pessoas o envolvimento e a consciência da sua responsabilidade social. É possível que, aos poucos, a população abandone o modelo de pensamento baseado na escassez, isto é, a crença na falta, o pensamento de que não há o suficiente para todas as pessoas do mundo viverem bem e, assim, percebam que há uma maneira diferente de se relacionar com o outro e com as coisas.”, explica Clara Pocay.
“Nós acreditamos que a construção de uma sociedade mais igualitária e fraterna, requer um novo conceito de solidariedade, em que o dar e o receber tem o mesmo valor, despertando a consciência de que cada ser humano tem algo para compartilhar. Dessa forma, o propósito do Fundo Social de Solidariedade de Ourinhos é atuar como agente mediador dessas trocas, estimulando o envolvimento da população nas questões sociais e promovendo a conexão entre as pessoas”, termina.

Para saber mais sobre como apoiar o Fundo Social e participar do Yakissoba da FAPI 2017, entre em contato com o Vinícius pelo e-mail vinicius@ourinhos.sp.gov.br ou pelo telefone 3302-6098 (ramal 6098).


Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.