Olimpíada Brasileira de Robótica



Olimpíada Brasileira de Robótica
Unesp participa da organização nacional
27/04/2017
Curso preparatório para quem desejar participar da modalidade prática da competição acontecerá na USP, em São Carlos
Estudantes do ensino fundamental, médio e técnico podem se inscrever gratuitamente na competição, que é composta por duas modalidades: teórica e prática
Estimular os estudantes do ensino fundamental, médio e técnico a trabalharem em equipe para construir robôs e programá-los. Esse é o principal objetivo da modalidade prática da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR), que está com inscrições abertas até 20 de maio. Até essa data também podem ser realizadas as inscrições para a modalidade teórica da competição.
No caso da modalidade prática, cada equipe pode ser composta por, no mínimo, dois competidores e, no máximo, quatro. Os robôs desenvolvidos devem ter a capacidade de enfrentar sozinhos vários obstáculos e desafios em uma pista de competição feita de madeira. Há dois níveis de disputa: o nível 1 é voltado aos alunos do ensino fundamental e o nível 2 aos do ensino médio e técnico. Basicamente, o que muda de um nível para outro é o grau de dificuldade a ser enfrentado pelos competidores. Tanto no nível 1 quanto no 2, há uma simulação de resgate e o robô precisa encontrar uma vítima (representada por uma bola), resgatá-la e superar alguns obstáculos.
A participação dos alunos na OBR é voluntária, gratuita, e não há obrigatoriedade de número mínimo ou máximo de participantes por escola. Para se inscrever, o professor ou técnico das equipes deve cadastrar os participantes no sistema Olimpo pelo site www.obr.org.br, onde também está disponível o manual de inscrições.
“Um dos nossos objetivos é divulgar a robótica para as escolas do ensino fundamental, médio e técnico, por meio de competições como a OBR, minicursos, exposições, feiras. É assim que conseguimos mostrar aos estudantes o quanto as áreas de ciências exatas são atraentes e contribuem para promover a inovação tecnológica”, revela Roseli Romero, que é professora do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP e coordenadora do Centro de Robótica de São Carlos (CROB). Roseli também coordena a regional da OBR de São Carlos, que acontecerá no salão de eventos do campus da USP, nos dias 10 e 11 de junho.
As equipes que obtiverem a melhor classificação nas etapas regionais seguem para disputar a fase estadual da OBR. E quem obtiver bons resultados na estadual vai competir na final nacional, que será realizada de 7 a 10 de novembro em Curitiba.
Em 2016, em todo o Brasil, 2,9 mil equipes se inscreveram na modalidade prática da OBR. Apenas na regional de São Carlos, em 2016, foram 184 equipes inscritas. No ano anterior, 200 equipes disputaram a modalidade prática e, em 2014, quando a cidade sediou pela primeira vez a etapa regional da OBR, houve 99 equipes participantes.
Na edição de 2017, a modalidade prática apresenta novidades: as equipes poderão criar um diário, blog ou página no Facebook para relatar e discutir seus projeto. Esses diários ficarão disponíveis na página da OBR. Além disso, a modalidade prática terá desafios surpresas, o que quer dizer que tarefas especiais serão sorteadas na hora dos eventos para que as equipes façam adaptações em seus robôs.
Modalidade teórica – Já na modalidade teórica, os alunos não precisam ter conhecimento específico de robótica e, na primeira fase, as provas são realizadas na própria escola de cada estudante inscrito. As questões são elaboradas por uma comissão de professores e todas estão relacionadas à resolução de problemas práticos do dia a dia, aliando conteúdos do ensino fundamental e médio com a robótica.
Em 2016, a modalidade teórica contou com mais de 110 mil participantes. Todas as escolas que tiverem estudantes inscritos, em 2017, receberão medalhas de participação, além das medalhas de ouro, prata e bronze, de acordo com o desempenho de seus alunos em nível nacional.
Curso preparatório – Para motivar e preparar os estudantes e as escolas interessadas em participar da modalidade prática da OBR, será realizado um curso preparatório no ICMC de 6 a 27 de maio, aos sábados, das 9 às 12 horas. Destinado a professores e alunos do ensino fundamental II (do 5º ao 9º ano) e do ensino médio (do 1º ao 3º ano) de escolas públicas e particulares, o curso tem como objetivo preparar as equipes que participarão da competição. Serão fornecidos conceitos básicos sobre a montagem de diversos tipos de robôs usados nas competições da OBR bem como serão apresentados princípios de programação e realizados vários exercícios práticos com os robôs.
As inscrições devem ser realizadas, até o dia 3 de maio, ou enquanto houver vagas, no formulário eletrônico disponível neste link: icmc.usp.br/e/a6187. A taxa de inscrição é de R$ 15,00 e deve ser paga, via boleto que será gerado pelo sistema de inscrição, até dia 3 de maio. Para efetivar a inscrição, o participante deve enviar o comprovante de pagamento bem como o atestado de matrícula da escola que frequenta para o e-mail ccex@icmc.usp.br.
Realização – Este ano, a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) é a instituição responsável pela coordenação da OBR em nível nacional, representada por professores dos Departamentos de Engenharia Mecânica e de Engenharia Elétrica. Participam da organização nacional da iniciativa o Colégio Técnico de Campinas, o Centro Universitário FEI, a Universidade Federal de São João Del-Reio Instituto Federal do Rio Grande do Norte, a UNESP, o Sesi-São Paulo, a Sociedade Brasileira de Computação, a RoboCup, a Mostra Nacional de Robótica e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Além disso, a OBR conta com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico e de diversas instituições em todo Brasil. Em âmbito estadual, o ICMC é um dos organizadores da competição.
Texto e fotos: Denise Casatti - Assessoria de Comunicação ICMC/USP - Com informações da Assessoria de Comunicação da UFSCar
27/04/2017
Mais informações
Site da OBR: www.obr.org.br

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.