“Não sei como Deus me colocou aqui”: declaração de Temer vira piada na internet



“Não sei como Deus me colocou aqui”: declaração de Temer vira piada na internet
Por iG São Paulo | 27/06/2017

Declaração curiosa de Michel Temer não escapou dos internautas e já virou piada nas redes sociais


Lula Marques/Agência PT - 18.5.17
Declaração curiosa de Michel Temer não escapou dos internautas e já virou piada nas redes sociais


No Twitter, possíveis “respostas” para a indagação do peemedebista começaram a ser publicadas instantes depois do discurso; veja reações

O presidente do Brasil, Michel Temer (PMDB), fez seu primeiro pronunciamento público, nesta terça-feira (27),  em relação à denúncia apresentada contra ele ao Supremo Tribunal Federal pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.
Durante seu discurso, em um salão lotado de deputados aliados, Temer afirmou “que tem muito orgulho de ser presidente”, completando com a frase: “não sei como Deus me colocou aqui”. A declaração curiosa não escapou dos internautas e já virou piada nas redes sociais.

No Twitter, possíveis “respostas” para a indagação do peemedebista começaram a ser publicadas instantes depois. Veja algumas reações sobre o pronunciamento de Michel Temer nesta terça: 

E muito mais...

Denúncia contra Temer


De acordo com trecho da denúncia que foi revelado pelo jornal "Folha de S.Paulo", Janot argumenta que "entre os meses de março a abril de 2017, com vontade livre e consciente, o Presidente da República Michel Miguel Temer Lulia, valendo-se de sua condição de chefe do Poder Executivo e liderança política nacional, recebeu para si, em unidade de desígnios e por intermédio de Rodrigo Santos da Rocha Loures, vantagem indevida de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) ofertada por Joesley Mendonça Batista, presidente da sociedade empresária J&F Investimentos S.A., cujo pagamento foi realizado pelo executivo da J&F Ricardo Saud".
A denúncia contra o presidente Michel Temer foi originada a partir do acordo de delação premiada feito entre Joesley e o MPF (Ministério Público Federal), no qual o empresário apresentou a gravação de uma conversa com Temer, realizada em março deste ano no Palácio do Jaburu, em Brasília.


Fonte: Último Segundo - iG 

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.