Olimpíada Brasileira de Robótica



Olimpíada Brasileira de Robótica
Primeira fase ocorre dia 2/6, sexta-feira
01/06/2017
Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) realizará nesta sexta-feira 02/06/2017, em todo o país, a 1a fase de sua prova teórica. Em sua 11a edição, no ano de 2017 a OBR, que teve um crescimento de 28% em relação a 2016, contará com 142.111 participantes de todos os estados do país, com alunos do 1o ano do ensino fundamental até o último ano do ensino médio. As provas ocorrerão em mais de 2.100 escolas espalhadas por todo o país.

A OBR é uma das olimpíadas científicas brasileiras apoiadas pelo CNPq/MCTI/MEC/Capes. É uma iniciativa pública, gratuita e sem fins lucrativos, gerida por professores e pesquisadores voluntários de renomadas instituições como UFSCAR, UNICAMP/Cotuca, UNESP, FEI, UFRN, FURG, UFES, UFSJ, SESI-SP,  e apoiada por algumas das maiores sociedades científicas do país, como a Sociedade Brasileira de Computação (SBC), Sociedade Brasileira de Automática (SBA) e a RoboCup. Em todo o país, a OBR é organizada localmente com o apoio de dezenas de universidades e institutos de pesquisa.

Segundo o Prof. Dr. Rafael Vidal Aroca (UFSCar), coordenador nacional da OBR 2017, “através das provas da OBR, a engenharia, a automação e a robótica estão chegando a cada canto do país, e incentivando os jovens a se interessarem pelas carreiras na área de ciência e tecnologia, e mostrando que os conhecimentos que eles adquirem na grade curricular são a base que abre a porta para esse novo universo”.  A vice-coordenadora geral,  a Profa. Dra. Tatiana Pazelli (UFSCar), destaca ainda a grande participação das meninas na área de robótica: “Dentre os mais de 142 mil participantes da OBR 2017, 46% são meninas! É muito importante que as jovens se identifiquem com essa área do conhecimento e que possam assumir cada vez mais postos de trabalho nessa área”. Segundo a Profa. Dra. Cintia Aihara (COTUCA-Unicamp), coordenadora da modalidade teórica, as provas são elaboradas com base no conteúdo da grade curricular dos alunos. “A maior parte das questões da OBR pode ser resolvida sem conhecimento específico em robótica ou engenharia. A robótica é um estímulo para o raciocínio e a reflexão do jovem. Nessa fase, onde o jovem está, entre outras coisas, descobrindo seus talentos e aptidões, identificar e reconhecer seu talento para essa área do conhecimento pode alterar radicalmente seu futuro”.

A modalidade teórica terá ainda uma segunda fase, apenas para alunos do ensino médio. A 2a fase será aplicada em universidades e centros de pesquisa espalhados pelo país em 25/08/2017. Durante os meses de junho, julho e agosto, as etapas regionais e estaduais da modalidade prática da OBR estarão acontecendo em todos os estados do país, com visitação aberta ao público. O calendário com esses eventos está disponível no site do evento. A final nacional da OBR acontecerá de 8 a 10 de novembro na cidade de Curitiba (PR), juntamente com a Competição Brasileira e Latino-Americana de Robótica (CBR/LARC), a Mostra Nacional de Robótica (MNR), simpósios e eventos para pesquisadores que ocorrerão na “Robótica 2017”.

Link para vídeo de divulgação da OBR:


Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.