Outro carregamento de armas passou pelo Galeão uma semana antes de apreensão no Rio



Outro carregamento de armas passou pelo Galeão uma semana antes de apreensão no Rio

Fuzis foram apreendidos no Galeão (Foto: Alessandro Ferreira/G1)
Fuzis foram apreendidos no Galeão (Foto: Alessandro Ferreira/G1)

Polícia tenta descobrir local onde fuzis estão estocados. Carga teria chegado da mesma forma ao aeroporto, dentro de aquecedores de piscina.

A Polícia Civil do Rio descobriu que, uma semana antes de apreender 60 fuzis no Aeroporto Tom Jobim, o Galeão, outro carregamento de armas de guerra passou pelo terminal aéreo. Como mostrou o RJTV na noite desta terça-feira (6), essa carga teria chegado ao estado da mesma forma, dentro de aquecedores de piscina.

"Nós acreditamos que essa remessa foi uma remessa também de arma de fogo e que esses fuzis já poderiam ser distribuídos de alguma forma ou estão estocados em algum lugar da organização criminosa", disse o delegado titular da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC), Maurício Mendonça.

Por enquanto, a polícia não sabe quantos fuzis foram contrabandeados pela quadrilha - delegados chegaram a dizer que outros 30 carregamentos já foram enviados para o Rio. Nesta terça, policiais da DRFC cumpriram 12 mandados de busca e apreensão no Rio, Niterói (Região Metropolitana) e Saquarema (Região dos Lagos). Os investigadores buscaram documentos que levassem às armas.

Do G1

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.