Polícia Federal suspende emissão de passaporte por tempo indeterminado



Detidos no Brasil...

Polícia Federal suspende emissão de passaporte por tempo indeterminado

Por: Zero Hora com agências
27/06/2017 
Divulgação
Gasto com emissão de passaporte já atingiu o limite previsto na lei orçamentária, segundo PF
Gasto com emissão de passaporte já atingiu o limite previsto na lei orçamentária, segundo PF

Quem foi atendido nos postos de emissão até esta terça-feira (27) vai receber o documento normalmente

A Polícia Federal (PF) informou que está suspensa a emissão de passaportes solicitados a partir das 22h desta terça-feira (28). A instituição destacou, por meio de nota, que a impressão do documento está paralisada por tempo indeterminado.

A PF disse que a decisão foi tomada em razão da "insuficiência do orçamento destinado às atividades de controle migratório e emissão de documentos de viagem". A corporação reforçou que não "falta dinheiro", mas que chegou ao limite de gasto previsto na lei orçamentária da União para esse tipo de serviço. Em 2016, foram emitidos 2.249.790 passaportes, 49.592 a menos do que no ano anterior.

Há tensão entre a PF e o governo federal por conta das investigações da Operação Lava-Jato. Ao jornal Folha de S.Paulo, o presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal, Carlos Eduardo Sobral, responsabilizou o governo Temer pelo impasse:

— Sem a previsão orçamentária, fica difícil a renovação de contratos e convênios. Foi o que ocorreu nesse caso.

Mesmo com a paralisação, o agendamento online do serviço e o atendimento nos postos da PF continuam funcionando normalmente. No entanto, não há previsão para entrega do documento, que depende da regularização da situação orçamentária. Quem pedir o documento a partir de agora deverá confirmar que está ciente da falta de prazo.

Quem foi atendido nos postos de emissão de passaporte até esta terça-feira (27) vai receber o documento, segundo a PF. Ao final da nota, a Polícia Federal disse que "acompanha atentamente a situação junto ao Governo Federal para o restabelecimento completo do serviço".

Desconsiderando os problemas atuais, a previsão de entrega normalmente é de seis dias úteis. A validade do documento hoje é de 10 anos para os adultos (a validade de 5 anos é para os requerentes que tenham entre 4 e 18 anos).
Por Zero Hora com agências

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.