Reforma trabalhista: Senadores empresários são maioria na CAE



Corrupção institucionalizada
Reforma trabalhista: Senadores empresários são maioria na CAE
Por Blog Esplanada | 19/06/2017

Resultado de imagem para reforma trabalhista

Dez parlamentares são grandes empresários em seus Estados

Dez dos 14 votos favoráveis às mudanças na legislação trabalhista na Comissão de Assuntos Econômicos são de senadores que declararam à Justiça Eleitoral participação em empresas ou fazendas.

São os tradicionais patrões – em detrimento de representantes reais do trabalhador na Casa.

A proposta será votada nesta terça (20), na Comissão de Assuntos Sociais, onde o relator, senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), manteve o texto aprovado pela Câmara e pela CAE. Confira no site da Coluna e na versão digital neste jornal o ramo empresarial dos 10 senadores.
De acordo com levantamento feito pela Coluna, os senadores que disseram “sim” à reforma trabalhista são proprietários ou têm participação em ramos empresariais diversificados. 

Confira abaixo:

Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN): participação no Capital Social da Rádio Cabugi do Seridó Ltda. e na Empresa Jornalística Tribuna Do Norte;
Raimundo Lira (PMDB-PB): participação na empresa Bravesa Brasília Veículos;
Simone Tebet (PMDB-MS): proprietária de uma gleba da Fazenda Santo Antonio da Matinha, no município de Caarapo (MS); e ligação com outras empresas da família.
Valdir Raupp (PMDB-RO): proprietário de ações na Cooperaram Ltda. e quotas da empresa Aj Rocha e Matos Ltda;
José Agripino Maia (DEM-RN): proprietário de quotas em várias empresas comunicação: rádios  Ouro Branco, Santa Cruz, Trairy Ltda, Libertadora, Tropical Comunicações e participação na empresa Empreendimento São João Ltda;
Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE): proprietário de quotas do posto BVM Ltda. e na empresa APJ Empreendimentos; E um dos maiores exportadores de frutas do Brasil.
Wellington Fagundes (PR-MT): 96% do capital da empresa Waf Gestão e Investimentos Ltda;
Armando Monteiro (PTB-PE): participação na Cia. Geral de Melhoramentos (PE) e Noraco S/A Ind. Laminados;
Ataídes de Oliveira (PSDB-TO): 99% das quotas do capital da empresa Araguaia Administradora de Consórcio Ltda e 90% das quotas da empresa Avel Automóveis e Eletrodomésticos Ltda;
Cidinho Santos (PR-MT): 50% do capital social da empresa União Avícola Agroindustrial Ltda. 
Fonte: Último Segundo - iG 

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.