Bailado e João Donato encerram com maestria o 5º dia do Festival de Música

Bailado e João Donato encerram com maestria o 5º dia do Festival de Música

 As apresentações dos grupos da Escola de Bailado e do mestre João Donato encerraram com maestria o 5º dia do 17º Festival de Música de Ourinhos. O público lotou o Teatro Municipal e ovacionou os artistas que impressionaram com performances primorosas. O corpo do balé foi preciso nas coreografias. Na sequência, João Donato com os músicos Arismar do Espírito Santo e Cleber Almeida deram uma verdadeira aula de música.


A Escola de Bailado de Ourinhos levou ao palco o grupo adulto e juvenil de bailarinos premiados no Festival Internacional de Indaiatuba (SP) realizado no início deste mês. Segundo a diretora da escola Narda Jorosky, os artistas também apresentaram produções da própria Secretaria da Cultura. 


“São coreografias e remontagens, algumas premiadas em Indaiatuba. Fora isso algumas produções do professor Benjamin e Xandão, como Sanfonema, Trilha Feito a Lápis e Trilha Feito à Mão, além de quatro balés de repertório. Os bailarinos já vêm de uma saga de vários festivais, mas se apresentar em casa é mais tenso porque têm um foco importante em cima deles, além de representarem a cidade”, declara Narda.


Após o balé houve apresentação do grupo de hi hop do professor Xandão e, na sequência João Donato, que antes do show falou sobre a importância de Festivais como o promovido por Ourinhos para a divulgação de estilos diferenciados de música.



“É a primeira vez que venho a Ourinhos. Gostei muito da cidade. Festivais como este ajudam a divulgar a música, um lado menos conhecido da música, menos pop, mais instrumental, bossa nova, jazz. É uma oportunidade de mais pessoas começarem a gostar desse estilo. É muito importante”, afirma Donato, que apresentou composições de maior sucesso ao longo de sua carreira como Flor de Maracujá e Minha Saudade.

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.