Bailarinos da Escola Municipal de Bailado premiados no Festival de Indaiatuba são recebidos na prefeitura



Bailarinos da Escola Municipal de Bailado premiados no Festival de Indaiatuba são recebidos na prefeitura


         O Prefeito Lucas Pocay recebeu na tarde de terça-feira (18) os bailarinos da Escola Municipal de Bailado premiados no 25º Festival Passo de Arte, que ocorreu em Indaiatuba entre os dias 07 e 16 de julho. Lucas parabenizou a equipe e reforçou seu apoio para promover atividades culturais no município.

















“O incentivo à cultura faz com que a gente trabalhe a formação das crianças e jovens para que tenham um futuro melhor. Quando temos oportunidade de participar de festivais como esse, vemos a alegria das crianças e jovens em acumular experiências que elas levam para a vida toda. Isso é fundamental. Os resultados que eles nos trouxeram são frutos de muita dedicação. A base está na escola, no contato dos professores, alunos. Vamos continuar trabalhando para desenvolver a cultura em todas as suas amplitudes diárias para fazer uma cidade mais humana, justa e de oportunidades, para que os jovens possam ter um futuro melhor”, declara Lucas.


         O Secretário de Cultura, Rodrigo Donato, acredita que a participação dos bailarinos nesses eventos reflete a disciplina dentro de sala de aula.
“Acredito que a Cultura e a Educação caminham juntas e assim formam bons cidadãos. A disciplina começa em sala de aula e vai para a casa de cada jovem. No palco, a gente vê a diferença no rosto das crianças, que faz nossa cidade um diferencial. Isso é o mais importante. Investir na base para colher bons frutos. É isso que verdadeiramente nos faz feliz”, afirma.

A diretora do bailado Narda Joroski revela que as premiações acumuladas este ano são motivo de muita alegria para professores e alunos.
“Não é só a premiação em si, mas as vivências desses bailarinos, até dos mais novos em um festival de tamanha dimensão. Trouxemos premiações em todas as categorias, seja primeiro, segundo ou terceiro lugar. A participação é muito importante para eles, porque voltam motivados, com mais bagagem, vão para representar Ourinhos com garra e amor e voltam focados, determinados a ser cada dia melhor”, diz.

         A professora Micheli Rolli que ensina balé clássico na Escola de Bailado conquistou junto com sua turma prêmios no estilo danças populares e estilo livre. “Foi um estímulo poder participar do evento, principalmente com pessoas nos apoiando. O objetivo de tudo isso é transformar a vida desses jovens para ser bons cidadãos amanhã”, diz.
         A professora Adriana Pinheiro também obteve bons resultados nas danças populares. “Nós levamos um grupo juvenil com a coreografia Riquezas do Pará que conquistou o terceiro lugar e o grupo adulto também, com a coreografia Festa do Guerreiro, ficou em terceiro lugar”, fala.

         O professor e coreografo Tadheo de Carvalho conta que o balé jovem conquistou excelentes posições no evento em sua categoria e diz que essas conquistas são um grande incentivo para o grupo.

“O Brasil é carente de novos talentos. Quando temos um governo como o de Ourinhos que incentiva e dá condições para nós, os artistas devem valorizar isso e lutar para alcançar seus objetivos, porque é o que precisamos. Estamos indo na contramão do que acontece no país com a falta incentivo a cultura e isso é muito bem visto lá fora. Foram 150 bailarinos que deram seu recado e que estão caminhando para serem grandes ícones no cenário da dança brasileira”, torce Tadheo.

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.