Deputados se valorizam ao esconder voto pró-Temer


03-07-2017,      Deputados defendem apenas os próprios interesses 

Deputados se valorizam ao esconder voto pró-Temer

Resultado de imagem para deputados

Também pesa medo de desgaste perante opinião pública
KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA
O medo de desgaste perante a opinião pública tem pesado para que deputados federais aliados a Temer não digam abertamente que atuarão para barrar na Câmara a denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.
Neste momento, ainda distante da votação em plenário na qual terão de assumir o voto, os deputados aliados preferem não se expor.
Há também uma segunda razão. Ao não admitir voto a favor do governo e contra a denúncia de Janot, deputados se valorizam para tentar obter mais cargos e verbas do Palácio do Planalto.
Por ora, Temer tem apoio para barrar a primeira denúncia de Janot. Mas os desdobramentos da crise serão importantes, como o que vai acontecer com o ex-ministro Geddel Vieira Lima na prisão.*
Caminho para Janot
A prisão do ex-ministro Geddel Vieira Lima é uma péssima notícia para o presidente Michel Temer, porque mais uma pessoa próxima dele é presa. Geddel pode ser um potencial delator premiado.
Os fundamentos da prisão preventiva de Geddel surgiram a partir das delações do empresário Joesley Batista e do diretor jurídico do grupo J&F, Francisco Assis da Silva. Os dois disseram que Geddel atuava para impedir as delações do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha e do doleiro Lúcio Funaro.
Portanto, haverá uma tentativa de estabelecer uma conexão entre Geddel e Temer a fim de sustentar nova denúncia de Janot contra Temer. Dessa vez, por obstrução de Justiça. Ou seja, se Rocha Loures é visto pelos investigadores como o elo para acusar o presidente de corrupção passiva, Geddel seria o caminho para tentar provar obstrução de Justiça.
Assista aos temas do “SBT Brasil”:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.