Exército virtual caça terroristas na Internet



Exército virtual caça terroristas na Internet
IVO NETO - JORNAL NOTÍCIAS

Autodenominam-se de organizações contraterroristas e combatem o extremismo nas frentes digitais. Só no Twitter, têm milhares de seguidores, entre cidadãos comuns, governantes, jornalistas e até autoridades relacionadas com segurança.

São várias dezenas os membros destes grupos que, de forma quase obsessiva, seguem e denunciam os mais importantes recrutas e propagandistas do autoproclamado Estado Islâmico (EI). É em canais privados de aplicações, como o Telegram e o WhatsApp, entre outros, e em redes sociais públicas, como o Twitter, o Facebook e o YouTube, que atacam os terroristas.

Ao JN, de forma anónima, por questões de segurança, um ativista digital, que pertence a um dos grupos mais ativos, explicou o seu funcionamento, o que os leva a caçar terroristas nas redes sociais e as estratégias usadas para manter o extremismo sob controlo.

"Grupos como o EI usam as redes sociais para espalharem a sua ideologia, um pouco por todo o Mundo. O maior risco é para os jovens que podem ser convencidos pelas mensagens e são conquistados de forma simples", refere. Na Internet, os terroristas criam "drop zones" com conteúdos que os membros partilham como "flashmobs" e que rapidamente chegam a todos os cantos do Mundo, em ações de propaganda "cada vez mais profissionalizadas".

"É, por isso, que se torna verdadeiramente importante manter a comunicação dos jiadistas offline ou, pelo menos, condicionar a sua propaganda", conta, ao JN, o ativista especialista em combate ao terrorismo. É quando entram "nas conversações privadas, que encontram informações mais valiosas", relacionadas com a "ideologia, segurança e o modus operandi" e que permite saber, em primeira mão, dados sobre operações planeadas e campanhas de comunicação que estão a ser desenvolvidas.


"Os grupos organizados pelos terroristas têm links privados, mas são muito fáceis de encontrar"

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.