Líderes da oposição venezuelana levados para parte incerta



Tensão

Líderes da oposição venezuelana levados para parte incerta

01/08/2017    Jornal de Notícias

Os opositores Leopoldo López e Antonio Ledezma, que se encontravam em regime de prisão domiciliária, foram levados para parte incerta pelos serviços de informações do regime.

"Acabam de levar Leopoldo de casa. Não sabemos onde está, nem para onde o levaram. (Nicolas) Maduro é o responsável se alguma coisa lhe acontecer", escreveu Lilian Tintori, mulher de Lopez, na rede social Twitter.
Por outro lado, o deputado Ricardo Blanco, coordenador do partido Alianza Bravo Pueblo (ABP) difundiu também através do Twitter que o Serviço Bolivariano de Inteligência (Sebin) "levou o Ledezma" durante a madrugada.
Alguns dirigentes do Voluntad Popular (VP), o partido de Leopoldo López, assim como o ABP, o partido de Antonio Ledezma, reiteraram as mesmas informações responsabilizando o presidente Nicolás Maduro pela integridade física dos dois membros da oposição e sublinhando que desconhecem o local para onde foram transportados.
Vários representantes da coligação da oposição - Mesa de Unidade Democrática (MUD) - difundiram igualmente através da rede social Twitter uma gravação vídeo que mostra Ledezma de pijama a ser levado da casa onde se encontrava detido desde 2015.
Jornal de Notícias

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.