Núcleo de Vetores dá dicas de segurança à população ao receber agentes da dengue



Núcleo de Vetores dá dicas de segurança à população ao receber agentes da dengue


 O Núcleo de Vetores da Secretaria Municipal de Saúde orienta a população sobre a importância de receber os agentes de controle de endemias em ações contra a o mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue e outras doenças. O gerente do Núcleo, Alexandre Luz de Campos, explica que ao todo a cidade possui 35 agentes divididos em três equipes, que visitam bimestralmente as residências.
“Eles vão até o local, batem palma, se apresentam e pedem para adentrar a casa. É importante destacar que todos estão uniformizados e devem carregar um crachá com nome, sobrenome e telefone do núcleo”, fala o gerente.
A identificação é importante, segundo Alexandre, para que o morador, caso queira confirmar sobre a veracidade do trabalho e evitar que seja um golpe ou algo pior, se sinta seguro.
“Nós não entramos na residência de nenhum morador nem sequer retiramos materiais inservíveis sem a autorização dele. Temos que olhar ambientes propícios a proliferação, como quintais, banheiros, cozinha e jardins de inverno. Quartos, salas e outros ambientes não são visitados”, alerta.
Alexandre explica que o trabalho dos agentes é retirar materiais inservíveis para evitar a proliferação de focos do mosquito da dengue, sendo assim, necessariamente, deve estar um veículo nas proximidades com o emblema da Prefeitura de Ourinhos timbrado, além de outros agentes circulando em um raio de até 500 metros.
“Nós sempre estamos ou com uma pick up ou com um Gol, ambos timbrados com o emblema da Prefeitura. O morador que tiver qualquer dúvida, pode procurar o veículo, outros agentes ou um gerente que supervisiona a equipe ou até mesmo ligar no núcleo, informar nome e sobrenome do agente para que ele se sinta seguro para receber o profissional em sua residência”, esclarece.
É importante ressaltar que a aplicação de multa só ocorre em caso de recusa e de notificações sem retorno. A média de tempo entre uma visita e outra é de 2 meses, no entanto, detectando um caso de dengue, a região passa a se tornar área de maior controle, podendo haver visitas em um tempo menor.

"Para todas as dúvidas, estamos à disposição pelo telefone do Núcleo de Vetores 3326-9323, onde a população pode se informar, tirar as dúvidas e se sentir seguro quanto ao nosso trabalho que é extremamente para controle de casos de dengue. Qualquer outra pessoa que esteja fazendo este trabalho, sem uniforme ou crachá não tem permissão da Prefeitura para realizar o serviço", explica.

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.