Um dos homens mais velhos do mundo vive na Região Metropolitana de Londrina



14/08/2017 
114 ANOS DE HISTÓRIA

Um dos homens mais velhos do mundo vive na Região Metropolitana de Londrina


Arquivo PessoalA reportagem do Portal Bonde encontrou no final de semana um homem que carrega uma longa história de vida. E o melhor de tudo: bem pertinho de Londrina. Armindo José de Souza tem 114 anos e mora em Alvorada do Sul (Região Metropolitana de Londrina). Seo Armindo pode ser considerado um dos homens mais velhos do mundo. 

Na última sexta-feira (11), o homem considerado como mais velho do mundo morreu com 113 anos, em Israel. Yisrael Kristal, filho de judeus ortodoxos, nasceu na Polónia em 1903, faria 114 anos no próximo dia 15 de setembro. Yisrael Kristal nasceu em Zarnow, na Polônia, mas vivia em Haifa, a norte de Israel, há mais de 60 anos. Ele foi oficialmente reconhecido pelo Guinness Book (Livro dos Recordes) como o homem mais velho do mundo em 2016.

No site oficial do Guiness Book, eles informam que estão à procura do novo homem mais velho do mundo. E nesta segunda-feira (14), o Portal Bonde conta a história do Seo Armindo, que completa 115 anos em dezembro deste ano. 

Seo Armindo nasceu em Brumado, no interior da Bahia, em 8 de dezembro de 1902. Da Bahia, seguiu para Minas Gerais e, em seguida, para o Rio de Janeiro. No entanto, foi em São Paulo que ele passou boa parte de sua juventude. Chegou no Paraná em 1944 e foi morar na região de Astorga (região Norte Central do estado). E ao lembrar dessa época, afirmou que o mundo estava muito triste. "Tava uma guerra brava. Eu e dois irmãos fomos para a revolução no Rio Grande do Sul. Foi a coisa mais ignorante que eu vi na minha vida". 

Arquivo Pessoal
Arquivo Pessoal


Arquivo Pessoal
Arquivo Pessoal


Durante essas onze décadas de vida, a família de Armindo foi aumentando cada vez mais. Ele teve dez filhos com a dona Conceição, com quem ficou casado durante 69 anos. Ela faleceu em 2010. E desses dez filhos, sendo sete homens e três mulheres, vieram 36 netos, 55 bisnetos e 15 tataranetos. Um neto, inclusive, nasceu no domingo (13). 

Arquivo Pessoal
Arquivo Pessoal - Seo Armindo com um de seus bisnetos
Seo Armindo com um de seus bisnetos

Longevidade 

Além de fazer parte de uma família bastante numerosa, Seo Armindo contou à reportagem que sua avó paterna viveu até os 130 anos. E com muito bom humor, afirmou que gostaria de viver mais uns cem anos. "Mais uns cem anos tá bom, né?", brincou. 

Ele ensina que para ter uma vida longa é preciso ter muita paciência e fé em Deus. "Tem gente que fica lamuriando. É preciso ter confiança e acreditar na gente", disse. 

Trajetória 

Armindo começou a ajudar seu pai na lavoura em 1917, com 15 anos de idade, ainda na Bahia. No Paraná, trabalhou como colono nas fazendas da região Norte do estado. "Eu trabalhava de mercado em mercado. Levava mercadoria de uma cidade para outra, de um estado para o outro. Quando a carga era grande, ia em carro de boi", recordou. 

Saudades 

Seo Armindo adorava trabalhar e sente muito por não conseguir com esta idade. Além disso, o futebol era uma de suas grandes paixões. Jogava bola todo dia até os 60 anos de idade. "Hoje não aguento mais, mas se aguentasse, ia jogar com certeza", brincou. 

Um 'forrózinho' também ia bem. Junto com a dona Conceição, não perdia um forró. "Se tivesse como dançar, também não ia perder". 

Família 

Atualmente, Armindo mora com seu filho caçula, Natálio José de Souza, 48 anos. Natálio trouxe o pai para Alvorada para poder cuidar dele mais de perto. "Ele está meio fraquinho depois desse episódio [suspeita de pneumonia e infarto] que ele passou, mas um guerreiro é difícil perder a batalha dele. A gente acreditou muito nele, assim como ele acredita muito nele mesmo. Ele é muito otimista, uma pessoa muito forte, confiante nas coisas que vem acontecendo com ele", valorizou. 

Arquivo Pessoal
Arquivo Pessoal - Nesta foto está a filha mais velha de Seo Armindo, com 70 anos, e o filho caçula, com 48 anos
Nesta foto está a filha mais velha de Seo Armindo, com 70 anos, e o filho caçula, com 48 anos


Nesses últimos dias, Seo Armindo teve uma suspeita de pneumonia e estava em tratamento no Hospital Municipal de Alvorada do Sul. No entanto, teve um infarto e foi encaminhado pelo helicóptero do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) até a Santa Casa de Londrina. "Mas graças a Deus ele já está bem aqui em casa com a gente", agradeceu. 

Arquivo Pessoal
Arquivo Pessoal

"A gente sente muita alegria de ter ele com a gente. Ele significa tudo na vida da gente. A razão da gente poder hoje também estar criando nossos filhos também é por causa dele. E se tem uma coisa que a gente adquiriu dele, admira muito e levamos para nossas vidas é ser digno e honesto. Durante o tempo que estamos ao lado dele, nunca ouvimos nada de desonestidade por parte dele", ressaltou com orgulho. 

Mulher mais velha do mundo 

Em junho do ano passado, a paranaense Jesuína dos Santos Cardoso havia completado 120 anos. No entanto, ela morreu um mês depois em sua residência, deitada em sua cama, na companhia de familiares. 

Jesuína nasceu em 30 de janeiro de 1896 em Reserva (região Centro Oriental do estado) e poderia ser a mulher mais velha do mundo. 

Na ocasião, a dona Jesuína que morava em Rio Branco do Ivaí (região Norte Central do estado) teve que viajar 200 km até Apucarana (região Norte do estado), na qual era cadastrada sua aposentadoria para reaver seu benefício do INSS, pois ela foi dada como morta pelo instituto e precisou se deslocar até a cidade para provar que estava viva. 

Atualmente, a mulher mais velha do mundo é a jamaicana Violet Brown, com 117 anos. Ela é a última súdita da Rainha Vitória viva. 

Fernanda Circhia - Redação Bonde

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.