Prefeita de Santa Luzia é presa suspeita de morte de jornalista



Prefeita de Santa Luzia é presa suspeita de morte de jornalista

O crime ocorreu em agosto de 2016 no Bairro Frimisa. Maurício foi morto com cinco tiros.

iG Minas Gerais | Maria Lúcia Gontijo 
Prefeita de Santa Luzia presa suspeita de participar de morte de jornalista
Prefeita de Santa Luzia presa suspeita de participar de morte de jornalista
A prefeita de Santa Luzia, Roseli Ferreira Pimentel (PSB), foi presa na noite dessa quarta-feira. Ela é suspeita de participar do assassinato do jornalista Maurício Campos Rosa, 64 anos, dono do jornal “O Grito”. O crime ocorreu em agosto de 2016 no Bairro Frimisa. Maurício foi morto com cinco tiros. A Polícia Civil confirmou a prisão e vai emitir nota ainda nesta quinta-feira (7). 
Além da prefeita, outras três pessoas também foram presas por suspeita de participação no assassinato. Em abril deste ano, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) informou em seu site que a prefeita era investigada por participação no crime. 
O TEMPO

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.