Veja cronologia de ataques desde quinta-feira em cidades de SC

Veja cronologia de ataques desde quinta-feira em cidades de SC
Por G1 SC


















Base da PM na Colônia Santana, em São José, foi alvo de tiros (Foto: Thomas Braga/RBS TV)

Ao menos 18 cidades foram alvo de ações criminosas contra prédios públicos, casas de policiais, bases da PM e delegacias. Na noite deste domingo (3), fórum de Navegantes foi alvo.

Desde a quinta-feira (31) até a noite deste domingo (3), ao menos 18 cidades de Santa Catarina foram alvo de ataques criminosos. Bases da PM, delegacias, órgãos estaduais e municipais e casas de policiais foram atingidos. Carros também foram incendiados, e universitários tiveram de descer de um ônibus que estava sendo incendiado, em Itajaí.


Na noite deste domingo (3), por volta das 19h, tiros foram disparados contra o Fórum de Navegantes, informou a Polícia Militar. Segundo relatos, dois homens passaram pelo local em uma moto preta e o carona fez os disparos. Eles teria fugido em direção o Centro. Conforme a PM, um dos disparos atravessou a janela de vidro e acertou o interior do prédio


Na segunda (28) e na quarta-feira (30), dois policiais militares foram assassinados, um em Joinville, no Norte do estado, e outro em Camboriú. Suspeitos dos dois crimes foram detidos.


Vídeo flagrou suspeitos de atirar contra prédio do IGP em Florianópolis (Foto: Divulgação)


O governo de Santa Catarina evita falar sobre possíveis motivações dos ataques e como estão as investigações. Em nota, afirmou que as "forças de segurança estão em prontidão e atuando permanentemente no combate àqueles que buscam aviltar a tranquilidade da família catarinense por meio da violência desmedida contra aparelhos e agentes públicos na figura odiosa de ataques indiscriminados que beiram o terrorismo".


Foram registradas ocorrências nas cidades de:

Florianópolis, Biguaçu, Palhoça e São José, na Grande Florianópolis; Araranguá, Balneário Rincão, Balneário Arroio do Silva, Balneário Gaivota, Criciúma, Cocal do Sul e Tubarão, no Sul; Itajaí, Camboriú, Balneário Camboriú e Navegantes, no Litoral Norte; Joinville, Corupá e Jaraguá do Sul, no Norte


Veja abaixo a cronologia


Ataques atingiram 18 cidades entre quinta (31) e domingo (3) em SC (Foto: Arte/G1)


Quinta e sexta-feira

Entre a noite de quinta-feira (31) e a noite desta sexta-feira (1), foram registrados casos de ataques criminosos a prédios, carro e residência de membros da segurança pública em 14 cidades de Santa Catarina. Bases da PM, prédios públicos e uma delegacia foram alvo. A base da PM do Centro Administrativo do Estado, na capital, foi alvo de disparos.


Em Itajaí, um ônibus que levava universitários foi incendiado na noite de sexta-feira (1). Alguns ocupantes tiveram que pular pelas janelas para sair, conforme a NSC TV. Ao menos uma pessoa, bateu a cabeça ao tentar sair, foi levada ao hospital com ferimentos leves.

Sábado e domingo

No fim de semana, novos ataques foram registrados. A maioria foi em cidades da Grande Florianópolis.


Na tarde de sábado, um carro foi incendiado no Centro de Zoonoses de Criciúma


Às 6h30 de domingo foi lançado um artefato explosivo nos fundos do Departamento de Administração Prisional (Deap) em Palhoça. A explosão danificou uma viatura que estava no pátio. Na tarde de sábado (2), um artefato também foi encontrado no Deap, mas não explodiu.



SC registra mais ataques criminosos contra prédios da segurança pública neste domingo (3)


Na Vila União, em Florianópolis, houve confronto entre suspeitos e a PM. Um adolescente de 16 anos morreu e um jovem de 21 anos foi baleado e encaminhado ao hospital. Um policial também foi alvejado no pé. Foi apreendida uma pistola calibre 9mm.


Por volta das 2h, foram disparados cerca de 18 tiros contra o Instituto Geral de Perícias (IGP), no Itacorubi, em Florianópolis. Dois chegaram a danificar a parede interna.

Do G1

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.