Prefeito Lucas Pocay e Superintendente da SAE esclarecem a falta d’água em Ourinhos



Prefeito Lucas Pocay e Superintendente da SAE esclarecem a falta d’água em Ourinhos



         O Prefeito Lucas Pocay e o Superintendente da SAE, Marcelo Simoni Pires se encontraram na tarde de quinta-feira (19) para esclarecer a população sobre o problema crônico de falta de água na cidade. Lucas pediu a compreensão da população e apresentou uma medida emergencial para amenizar o problema. Caminhões pipa serão enviados aos bairros que enfrentam problemas no abastecimento.
         “Primeiro gostaria de agradecer pela compreensão de toda a população e me desculpar pelo transtorno causado a todos. Nós temos buscado alternativas e medidas para resolver de vez toda essa questão. Nós sempre encaramos os problemas de frente, com transparência porque é assim que nossa gestão tem caminhado, superando os desafios e fazendo o melhor para nossa população. Peço também a colaboração para que façam o uso consciente e economizem água neste período de estiagem e de calor, não desperdiçando lavando carro, calçada, entre outras ações. Neste momento, de forma emergencial vamos enviar os caminhões pipa para ajudar os bairros que estão precisando de água de forma mais urgente”, revela.
         O superintendente da SAE, Marcelo Simoni Pires, com 43 anos de experiência na área de saneamento, explica, de forma técnica, o motivo do agravo da falta de água nesta semana. Ele também esclarece as causas do problema que afeta tantos bairros há mais de 10 anos no município no período de maior calor.
“A falta de água nesta semana aconteceu pela queda de energia fornecida pela CPFL na estação de tratamento. Aliado a isso, também houve queda do equipamento de bombeio do poço da Vila São João, que agravou ainda mais o problema. A falta d’água se arrasta há anos em Ourinhos devido à falta de investimentos por mais de 10 anos no sistema de distribuição de água. A situação fica um pouco pior nas residências que não possuem reservatório de água domiciliar, que é uma exigência legal pela lei 11.445 de 2007”, esclarece.
         Marcelo ressalta que o Prefeito Lucas Pocay tem buscado alternativas para solucionar o problema e, a curto prazo, já autorizou um estudo para evitar problemas no abastecimento. 
“A SAE em conjunto com a Prefeitura está executando estudos de médio e longo prazo para resolver o problema de forma definitiva. A curto prazo, fomos autorizados pelo Prefeito Lucas Pocay a prosseguir com o estudo do projeto para a execução de uma tubulação que trará a água da Estação de Tratamento diretamente aqui para os reservatórios centrais da SAE, solucionando de uma forma emergencial a falta de água presente na região central”, diz.
               


Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.