Teste nuclear de Kim Jong-un deixa ao menos 200 mortos na Coreia do Norte



Teste nuclear de Kim Jong-un deixa ao menos 200 mortos na Coreia do Norte
Por iG São Paulo * | 31/10/2017

Acidente na base nuclear ocorreu durante os trabalhos de escavação de uma nova galeria no local
Reprodução/Twitter
Acidente na base nuclear ocorreu durante os trabalhos de escavação de uma nova galeria no local

Explosão de bomba de hidrogênio teria causado um terremoto, seguido do desabamento de um túnel sobre uma base nuclear norte-coreana; entenda

Isso porque, na Coreia do Sul, acredita-se que o subsolo da base nuclear tenha sido fragilizado pela detonação realizada pela própria Coreia do Norte, em 3 de setembro, quando o regime de Kim Jong-un diz ter testado uma bomba de hidrogênio.

A explosão causou um terremoto de magnitude 6.3 na escala Richter e representou o mais forte dos seis testes nucleares feitos pelo país asiático. Existe o temor de que o desabamento em Punggye-ri tenha causado o vazamento de material radioativo.

O acidente, que aconteceu no início do mês, no dia 10, só veio ao público nesta terça-feira (31), devido à difícil comunicação entre os norte-coreanos e o resto do mundo. A informação foi divulgada hoje pela agência sul-coreana Yonhap  .

Segundo o veículo, o incidente ocorreu durante os trabalhos de escavação de uma nova galeria no local.

Uma centena de indivíduos teria sido soterrada em um primeiro momento, enquanto outras 100 pessoas morreram por um segundo desabamento durante as atividades de resgate dos feridos. Ninguém sobreviveu.

Crise entre a Coreia e os EUA


O acidente no país asiático aconteceu na mesma semana em que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump , usou sua conta no Twitter para falar sobre as tentativas de diálogo com a Coreia do Norte realizadas no passado.

O republicano criticou as ações das últimas duas décadas. Em tom ameaçador, o líder norte-americano disse que não há mais o que tratar com o regime liderado por Kim Jong-un .

"Presidentes e suas administrações estiveram conversando com a Coreia do Norte durante 25 anos. Os acordos firmados e a quantidade em massa de dinheiro pago não funcionaram, acordos foram violados antes da tinta secar, fazendo os negociadores dos EUA de bobos", disse Trump pelo Twitter. "Desculpe, mas só uma coisa funcionará". completou, sem especificar qual medida poderá ser adotada.

Antes disso, a Coreia do Norte ameaçou usar armas provindas de sua base nuclear para “afundar” o Japão e reduzir os Estados Unidos a “cinzas e escuridão”.

* Com informações da Agência Ansa.
Fonte: Último Segundo - iG 

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.