Prefeito Lucas Pocay cobra posição do Governo Estadual sobre atendimento no AME de Ourinhos

Time do Emprego forma a 4ª turma do ano


Creche Plantão vai atender cerca de 500 crianças em janeiro de 2018


Justiça determina prisão preventiva de 30 policiais civis acusados de facilitação ao tráfico em São José

Ourinhos fica em 28º nos Jogos Abertos, à frente de Botucatu, Prudente e Americana


NOTA FISCAL ANIMAL AGORA É AUTOMÁTICA


Revista Estrangeira Questiona: Para Que Serve O Exército Brasileiro?


Condenado por crimes de guerra morre após tomar veneno dentro de tribunal


Após ser expulsa do PMDB, Kátia Abreu chama Jucá de 'canalha, crápula e ladrão de vidas'


STF proíbe em todo o país produção, venda e uso de materiais com amianto

Dos 5 mil desligamentos previstos no PDV dos servidores federais, houve apenas 76 pedidos


Sem pessoal, posto da PF fecha de madrugada em cidade na rota do tráfico de armas


Caixa patrocinará Carnaval do Rio com R$ 8 mi; recursos virão de Lei Rouanet


Para cumprir teto em 2018, investimento público cairá

Veja o que pode mudar nas regras da aposentadoria

Administração Lucas Pocay está recapeando o Jd. Itajubi


VAGAS DO PAT OURINHOS PARA O DIA 30/11/2017


CNMP aplica pena de demissão a promotor de Justiça do MP/SP



PSICÓLOGA ORIENTA REEDUCANDOS DO CR DE OURINHOS COMO MANTER UM BOM RELACIONAMENTO


A História Não Contada Dos 11 Ministros Do STF – Quem São Eles?


Secretaria Municipal de Segurança Pública já começa a surtir efeitos positivos


Prefeito Lucas Pocay iniciará Melhorias nas ruas do bairro Itajubi

Com o tema “Magia do Natal” Prefeitura de Ourinhos define programação natalina


Polícia Militar Ambiental constata degradação ambiental na zona rural de Ourinhos


Detran.SP leiloa 545 veículos na região de Marília


mais imposto: DAEE INICIA PROCEDIMENTOS PARA COBRANÇA PELO USO DA ÁGUA NA BACIA DO MÉDIO PARANAPANEMA


O Êxodo das famílias brasileiras

VAGAS DO PAT OURINHOS PARA O DIA 28/11/2017


Garotinho diz ter sido agredido na cadeia e deixa prisão para prestar queixa


Comparsa de Garotinho intimidava 'colaboradores' com armas, diz denúncia

ABERTURA DE LICITAÇÃO - MANUTENÇÃO VEÍCULOS E PEÇAS POLICIA MILITAR SP


O lixo não é só meu, ele é nosso


Prefeitura define com DER projetos de melhorias nos trevos da Vila Brasil e Parque Minas Gerais


VAGAS DO PAT OURINHOS PARA O DIA 24/11/2017

Maioria do STF vota a favor de limitar foro privilegiado de deputados e senadores

Brasil patinando na América Latina


   Resultado de imagem para brasil na interrogação


Black Friday: dez dicas pra não cair numa furada ao comprar um carro zero

Cursos na área cultural fazem sucesso entre os jovens no Vestibulinho das Etecs


Prefeitura adquire material esportivo e aumenta núcleos nos bairros

Patriotas acusa Bolsonaro de “roubar” nome do partido

Câmara articula foro privilegiado para Temer e Lula


Polícia Federal prende presidente nacional do PR em São Paulo


Homem chamado 'Polícia' ganha emprego em delegacia graças a seu nome estranho


Justiça condena ex-vice presidente do Condepe e mais 4 advogados por integrarem facção criminosa

Desbravadores realizam projeto Clube para Todos em Ribeirão Claro

Saúde promove curso de capacitação em Esclerose Lateral Amiotrófica

Prefeitura leva Cinema a Céu Aberto aos bairros de Ourinhos


Prefeito Lucas Pocay envia Projeto de Gratificação Natalina aos servidores para aprovação na Câmara

Alunos da Rede Municipal e APAE vão ao circo gratuitamente


Complicou "mais ainda" a reeleição de Capitão Augusto

ADOLF HITLER E A GALINHA

STF está perdido, qualquer que seja sua decisão sobre Jorge Picciani

Michel Temer aceitou?

O que são afinal os estudos de gênero?


Para Banco Mundial, Previdência desequilibra as contas do Brasil

Senado aprova voto distrital misto para escolha de deputados e vereadores

Nova certidão de nascimento poderá ter nome de padrasto e madrasta


Relatório do Banco Mundial ressalta a ineficiência da gestão pública do Brasil


Barbosa:'Não sei como PMDB, PSDB e PT têm coragem de lançar candidato'


TRF2 ordena nova prisão de Picciani, Melo e Albertassi após decisão da Alerj

Obras do viaduto das FIO devem começar em breve

PAT de Ourinhos recebe três novos computadores para atendimento ao público

Servidores do Meio Ambiente recebem capacitação e kit de Equipamentos de Proteção Individual


Prefeitura de Ourinhos oferece nove vagas em concurso com salário de até R$ 2,6 mil


VAGAS DO PAT OURINHOS PARA O DIA 22/11/2012

Pretos ou pardos são 63,7% dos desocupados

Vídeo mostra ambulantes sendo cercados e agredidos por PMs no Centro de SP

NOTICE OF APPOINTMENT OF LIQUIDATOR AND COMMENCEMENT OF WINDING UP


Ladrões furtam boi e fogem com o animal dentro de carro em Tijucas


SÃO PEDRO DO TURVO - Mulher morre baleada ao tirar galhos de estrada rural em emboscada, diz polícia

Estudantes têm mais 10 dias para renovação de contratos do Fies, anuncia MEC

Fundo Social doa mais de 5 toneladas de alimentos para famílias carentes de Ourinhos


SESI Ourinhos está com vagas abertas para aulas esportivas gratuitas de 6 a 17 anos


Conselho Nacional produz documentário sobre projeto premiado na área da saúde de Ourinhos


Prefeitura inicia as aulas de jiu jitsu no Monstrinho


Atletas de Ourinhos embarcam para os Jogos Abertos do Interior

Prefeitura reorganiza fluxo de atendimento dos leitos entre UPA e Santa Casa


Polícia Militar Ambiental flagra pessoas pescando com petrecho não permitido no município de Ourinhos/SP


Polícia Militar Ambiental flagra capivara abatida sendo transportada em Ourinhos/SP


VAGAS DO PAT OURINHOS PARA O DIA 21/11/2017

O princípio do bem-estar: a alimentação


Vaticano investiga supostas relações homossexuais entre menores do pré-seminário


NOTICE OF APPOINTMENT OF LIQUIDATOR AND COMMENCEMENT OF WINDING UP


Sem contribuição, CUT fará demissão voluntária na sede


Jovem morre após sentir uma picada no pescoço

'Povo não tem que pagar Imposto de Renda sobre salário'


Ministério Público pede prisão preventiva de ex-prefeito de São Lourenço, MG


Projetos que flexibilizam Estatuto do Desarmamento avançam no Congresso

Acesso ao nome do agente de trânsito que aplica multa gera polêmica


Coronel da PM preso suspeito de cobrar propina no DF recebe visitas fora do horário padrão

'Máfia das funerárias': polícia do DF apreende 37 rádios que seriam para captar sinal do IML

Promotoria apura se coronéis da PM de SP desviaram R$ 200 milhões em licitações de compras

VAGAS DO PAT OURINHOS PARA O DIA 20/11/2017

?Existe rombo e ele é gritante?, afirma especialista sobre previdência


Graças a ação do Prefeito Lucas Pocay, Praça Melo Peixoto ganha iluminação LED


Justiça aceita denúncia contra Luiz Marinho e mais 15 por suspeita de desvio de recursos do Museu do Trabalhador

Morreu Totò Riina, o "chefe dos chefes" da Máfia siciliana

COP23: Subsídios do Brasil à indústria do petróleo podem aniquilar a meta de 1,5 grau


Mãos ao alto da nova logomarca do TSE significa chega de ladrões!

NOTICE OF APPOINTMENT OF LIQUIDATOR AND COMMENCEMENT OF WINDING UP

VAGAS DO PAT OURINHOS PARA O DIA 1711/2017

VAGAS DO PAT OURINHOS PARA O DIA 16/11/2017


Detran.SP leiloa 680 veículos em Marília e região de Araçatuba


Começa o 12° Dança Ourinhos; 700 bailarinos se apresentam até domingo (19)


Apresentação de Dança do Ventre encerra a 12a edição do Dança Ourinhos


Artigo: Preconceito 'às claras'


Um “agrado” para 37 mil autoridades


Presidente do TJ determina perda de cargo de juiz preso por extorquir dinheiro de empresário em SP


Ameaças ao planeta são muito piores do que há 25 anos, diz carta assinada por 15 mil cientistas


Serial killer de animais é condenada há 17 anos de prisão e está foragida


Morador é preso após atirar e matar ladrão que caiu em piscina em MT, diz polícia


Tarifa de energia pode subir até 3% com venda da Eletrobrás


Chefe de Homicídios diz que nem a Rota entra em favelas


PMs e agentes vendiam armas para chefes de facção no Compaj, em Manaus


14 órgãos abrem inscrições para mais de 600 vagas na segunda-feira

Políticos articulam ações que podem comprometer investigações de combate à corrupção

REFLITA: Quem decide o que é bom para o Brasil?


Polícia Militar Ambiental constata ave silvestre mantida ilegalmente em cativeiro no município de Chavantes/SP


VAGAS DO PAT OURINHOS PARA O DIA 13/11/2017


12º Dança Ourinhos começa domingo (12) com vasta programação de cursos e apresentações


Autoconhecimento é tema do Roda de Prosa da Secretaria da Cultura


Central de Videomonitoramento flagra 17 tentativas de invasões em escolas e postos de saúde


Prefeitura de Ourinhos compra Usina Móvel de Asfalto


NOTA - PREFEITURA DE OURINHOS - Cargos Comissionados


Desenvolvimento nacional depende da base industrial, diz especialista

Brasil tem desafio de ampliar capacitação técnica profissional


Nova lei trabalhista: troca de roupa e lanche serão descontados da jornada






Página associada ao MBL usa PCs de leitores para gerar criptomoeda


STJ: Banco não vai responder por transações feitas com cartão e senha de correntista


VAGAS DO PAT OURINHOS PARA O DIA 10/11/2017


M.Officer é condenada por trabalho escravo e pode ter atuação suspensa em SP


Candidato do deputado federal Capitão Augusto é condenado por homofobia


Moro manda Polícia Federal tirar lacre do acervo de Lula


Ter poder não significa ter sucesso na carreira


Justiça manda bloquear R$ 11,6 milhões de empresas suspeitas de fraudar licitações da coleta de lixo


Colômbia apreende 12 toneladas de cocaína em operação


Temer pede a Fachin para rever decisão sobre processos de demais denunciados


Policial militar é preso por atirar na mulher em Bauru


Como é trabalhar em uma startup?


IDEOLOGIA DE GÊNERO: Um conceito, dois significados opostos


Prefeito Lucas Pocay embarca hoje (09) para receber homenagem internacional de Excelência na Gestão Pública


Pacientes atendimento nas unidades de Saúde de Ourinhos


MAIS CULTURA


DESLIGAMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA PELA CPFL PODERÁ CAUSAR FALTA DE ÁGUA


Walter Ihoshi é responsável por diversas emendas e projetos destinados a Ourinhos em parceria com o Prefeito Lucas Pocay.


Ministro Kassab fala sobre tecnologia em evento na região


Sem investigação, grupos armados e ciclos de vingança se fortalecem nas quebradas


Cartório da Impunidade


MONITOR DA VIOLÊNCIA: dois meses e meio depois, maioria dos casos de morte violenta está em aberto

Estado não proporciona segurança



Monitor da Violência: dois meses e meio depois, maioria dos casos de morte violenta está em aberto
Maioria dos crimes registrados segue em investigação (Foto: Alexandre Mauro/G1)
Maioria dos crimes registrados segue em investigação (Foto: Alexandre Mauro/G1)

Novo levantamento feito pelo G1 mostra que os inquéritos de 761 dos 1.195 casos continuam em andamento. Não há informação sobre o status de 181 crimes; falta de transparência tem dificultado o trabalho de apuração do projeto.

Dois meses e meio depois, 64% do total de casos de morte violenta ocorridos entre 21 e 27 de agosto no Brasil continuam em aberto e só 12% registram alguma prisão. É o que mostra um novo levantamento feito pelo G1 tendo como base todas as mortes registradas durante uma semana no país. Se forem excluídos os casos em que a polícia não informa ou que não foi possível obter o status dos crimes, o índice de casos em andamento sobe para 75% (e o de prisões, para 15%).

O Monitor da Violência é resultado de uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência (NEV) da USP e com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.















Monitor da Violência: dois meses e meio depois, maioria dos casos está em aberto


Neste projeto, estão todos os casos de homicídio, latrocínio, feminicídio, morte por intervenção policial e suicídio ocorridos de 21 a 27 de agosto no Brasil. São 1.195 mortes registradas – uma média de uma a cada oito minutos.

Mais de 230 jornalistas espalhados pelo país apuraram e escreveram as histórias das vítimas. Agora, acompanham o andamento desses casos.

O novo levantamento revela que:

761 casos estão em andamento (64% do total OU 75% dos inquéritos aos quais o G1 teve acesso - 1.014)
216 casos estão concluídos
27 inquéritos não foram nem sequer instaurados
em 514 casos, a autoria ainda é desconhecida
há 370 casos com o autor ou os autores identificados pela polícia (sendo 512 pessoas ao todo)
em 141 casos, foi efetuada a prisão de um ou mais suspeitos (12% do total OU 15% se forem excluídos os casos não informados e os suicídios)



O Código de Processo Penal determina que um inquérito policial seja concluído em 10 dias quando houver prisão em flagrante ou 30 dias em caso de inexistência de prisão cautelar. Os delegados, no entanto, podem pedir um prazo maior para elucidar o caso – o que normalmente acontece.



(Foto: Roberta Jaworski/G1)


Extremos

Os dados mostram a dificuldade nas investigações e a consequente lentidão dos processos e expõem o drama das famílias que aguardam um desfecho para os casos.

Mas se há, por um lado, ao menos 27 casos em que o inquérito nem sequer foi instaurado, por outro, há um caso emblemático, em que um dos crimes teve um desfecho relâmpago. Em Vilhena (RO), a morte do filho de um ex-prefeito da cidade fez a prefeitura decretar três dias de luto e gerou comoção nas redes sociais.

Dois meses depois, o suspeito, que foi preso, já foi julgado e condenado a 28 anos de prisão. Um adolescente também envolvido no crime foi apreendido e está em uma unidade socioeducativa.



Caso de assassinato de filho de ex-prefeito de Vilhena (RO) teve desfecho relâmpago (Foto: Reprodução/Facebook)

O levantamento revela que, mesmo quando os autores são identificados, poucos são os casos em que eles são encontrados e presos. Mais que isso: mostra que boa parte dos suspeitos já era conhecida das vítimas (em pelo menos um terço dos casos) – e que, portanto, não houve um trabalho de investigação para chegar a eles.

Em crimes de repercussão, como em alguns dos feminicídios registrados no período, os ex-companheiros foram presos. Isso ocorreu, por exemplo, em Tupã (SP), onde Débora Goulart, que já havia registrado um boletim de ocorrência contra o ex-marido, foi esfaqueada dentro de casa, e em Serra (ES), onde Gabriela Silva de Jesus foi estrangulada pelo ex-noivo.



Mulheres vítimas de feminicidio durante a semana (Foto: Arte/G1)

Já alguns estados tiveram índices ínfimos de prisão. Em Alagoas, por exemplo, onde ocorreram 39 mortes violentas, não houve nenhuma prisão. No Rio Grande do Norte, onde foram registrados 64 casos, 59 também não registraram prisões até o momento.

Para os pesquisadores do NEV-USP e do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, a falta de esclarecimento e punição é um dos fatores que contribuem para que os crimes continuem a acontecer.


Dificuldades nas investigações
Vários delegados relatam dificuldades para investigar as mortes violentas no país. No Rio, o diretor da Divisão de Homicídios, Rivaldo Barbosa, afirma que o volume de casos impossibilita um trabalho mais apurado. “Em um ano, na capital, há 1.300 homicídios para serem apurados por 200 policiais.”

Na região de Campinas, o Instituto de Criminalística (IC) também diz que há uma demora na produção de laudos necessários na investigação de mortes violentas pela Polícia Civil porque há uma “sobrecarga”. São 98 peritos para atender 92 municípios. De seis casos registrados, apenas um foi concluído. Três dos cinco inquéritos abertos aguardam o IC para dar sequência ao trabalho dos investigadores.

Um desses casos é o do motorista Tiago Marques Fagundes, de 36 anos, morto a tiros em uma estrada vicinal em Americana. A autoria do crime é desconhecida. E a família ainda aguarda por justiça.



O motorista Tiago Marques Fagundes, morto a tiros em uma estrada vicinal em Americana (Foto: Reprodução)

Em Viamão (RS), duas mortes registradas nos dias 22 e 23 de agosto ainda estão sem identificação. Um dos corpos, encontrado enterrado, terá de ser identificado pelas digitais ou arcadas dentárias.

Não se trata de um caso isolado. Do total de 1.195 vítimas, mais de 120 continuam sem nome – metade delas no Pará. Cerca de 170 continuam sem a idade informada. Outras 470 aparecem sem a cor/raça identificada.


Falta de transparência
O G1 teve mais uma vez dificuldade para obter os dados pelo país. Várias secretarias se negaram a passar as informações e delegados alegaram sigilo em casos onde não há qualquer impedimento para divulgação.

No Espírito Santo, por exemplo, a polícia e o governo não responderam a nenhum questionamento da equipe de reportagem. O G1 teve de contar com a ajuda da Promotoria para conseguir checar todos os casos.

No Ceará, os delegados informaram ter recebido um ofício da Secretaria da Segurança ordenando que informações sobre inquéritos não fossem repassadas por telefone, dificultando o trabalho dos repórteres, especialmente na verificação do andamento de mortes no interior do estado.

No Pará, a Secretaria da Segurança pediu um prazo para poder responder às questões. No fim, enviou uma mensagem: "Informamos que, em decorrência do caráter de sigilo das investigações policiais, não será possível o fornecimento de informações a respeito do andamento da apuração dos crimes de homicídio". Em algumas delegacias, os responsáveis não atenderam nem sequer o telefone. Com isso, o G1 só conseguiu obter dados de 15 dos 102 crimes no Pará – o pior índice entre todos os estados.

Em vários locais, as polícias também se recusaram a informar os números dos inquéritos – um dos pedidos feitos para acompanhar os casos inclusive em outras esferas.

No Tocantins, um caso insólito: a delegacia de Crixás do Tocantins mudou de lugar e os responsáveis não sabem onde estão os arquivos do caso. A equipe do G1 tentou obter as informações por mais de uma semana, sem sucesso.

A falta de padronização também tem dificultado a contabilização dos casos. Em alguns estados, casos de suicídio, por exemplo, não têm nem inquérito instaurado; em alguns, eles são arquivados; em outros, os casos são dados como concluídos e relatados à Justiça.

A apuração nesses últimos meses revelou ainda que seis dos casos investigados acabaram reclassificados para mortes não violentas. Eles continuarão, porém, a constar do mapa, com a nova classificação. Além disso, alguns dos casos estavam duplicados e outros não haviam sido incluídos. No fim, o número de vítimas se manteve em 1.195.


Participam deste projeto:


Coordenação: Athos Sampaio e Thiago Reis


Edição: Amanda Polato, Ana Carolina Moreno, Carolina Dantas, Carlo Cauti, Clara Velasco, Cida Alves, Darlan Alvarenga, Elida Oliveira, Felipe Grandin, Flávio Ismerim, Gabriela Bazzo, Gabriela Caesar, Helton Simões Gomes, Juliana Cardilli, Karina Trevizan, Letícia Macedo, Luciana Oliveira, Luiza Tenente, Marília Neves, Marta Cavallini, Megui Donadoni, Monique Oliveira, Pâmela Kometani, Peter Fussy, Ricardo Gallo, Roney Domingos, Rosanne D'Agostino, Taís Laporta, Vanessa Fajardo e Vitor Sorano (Conteúdo), Rodrigo Cunha (Infografia) e Fabíola Glenia (Vídeo)


Design: Alexandre Mauro, Juliane Monteiro, Karina Almeida, Igor Estrella e Roberta Jaworski


Desenvolvimento: Rogério Banquieri


Vídeo: Alexandre Nascimento, Beatriz Souza, Eduardo Palácio e Mariana Mendicelli


Produção e reportagem:


Janine Brasil, Quésia Melo e Aline Nascimento (G1 AC)


Cau Rodrigues, Michelle Farias, Carolina Sanches, Roberta Cólen, Derek Gustavo, Waldson Costa, Natália Normande, Magda Ataíde, George Arroxelas e Suely Melo (G1 AL)


Adneison Severiano, Indiara Bessa, Ive Rylo, Patrick Marques, Andrezza Lifsitch, Camila Henriques e Leandro Tapajós (G1 AM)


Jorge Abreu, Jéssica Alves, Lorena Kubota e John Pacheco (G1 AP)


Henrique Mendes, Natally Acioli, Alan Tiago, Danutta Rodrigues e Lílian Marques (G1 BA)


André Teixeira, Gioras Xerez, Valdir Almeida, Verônica Prado, Marília Cordeiro e Ranniery Melo (G1 CE)


Marília Marques, Eduardo Miranda e Maria Helena Martinho (G1 DF)



Manoela Albuquerque e Viviane Machado (G1 ES)


Elisângela Nascimento, Fernanda Borges, Murillo Velasco, Paula Resende, Sílvio Túlio, Vanessa Martins e Vitor Santana (G1 GO)


João Ricardo, Márcia Carlile e Rafael Cardoso (G1 MA)


Alex Araújo, Cíntia Paes, Flávia Cristini, Humberto Trajano, Pedro Ângelo e Raquel Freitas (G1 MG)


Rafael Antunes, Daniela Ayres, Vanessa Pires, Bruno Sousa, Caroline Aleixo, Bárbara Almeida, Karla Pereira, Roberta Oliveira, Marielle Moura e Victória Jenz (G1 Triângulo Mineiro, Centro-Oeste de MG e Zona da Mata)


Adriana Lisboa, Marina Pereira, Ricardo Guimarães, Zana Ferreira, Patrícia Belo, Juliana Peixoto, Valdivan Veloso (G1 Grande Minas e Vales de Minas)


Lucas Soares, Régis Melo, Fernanda Rodrigues e Lara Silva (G1 Sul de MG)


Fernando da Mata, Juliene Katayama, Marcos Ribeiro, Nathália Rabelo e Nadyenka Castro (G1 MS)


Pollyana Araújo, Denise Soares, André Souza e Lislaine dos Anjos (G1 MT)


Andrea França, Taymã Rodrigo e Raiana Coelho (G1 PA e TV Liberal)


Taiguara Rangel, Aline Oliveira, André Resende, Diogo Almeida, João Brandão Neto, Krystine Carneiro, Gabriel Costa e Iago Bruno (G1 PB)


Marina Meireles, Ricardo Novelino, Bruno Marinho, Luiza Mendonça e Katherine Coutinho (G1 PE)


Joalline Nascimento, Lafaete Vaz, Lindayanne Florêncio, Lyllyan Belo, Mário Flávio, Mavian Barbosa e Rodrigo Miranda (G1 Caruaru)


Amanda Lima, Beatriz Braga, Emerson Rocha e Juliane Peixinho (G1 Petrolina)


Catarina Costa, Maria Romero, Gilcilene Araújo, Júnior Feitosa, Carlos Rocha e Ellyo Teixeira (G1 PI)


Adriana Justi, Alana Fonseca, Thais Kaniak, Aline Pavaneli, Fabiula Wurneister, Letícia Paris, Erick Gimenes, Ederson Hising e Samuel Nunes (G1 PR)


Felipe Grandin, Henrique Coelho, José Raphael Berrêdo, Leslie Leitão, Nicolás Satriano e Patrícia Teixeira (G1 Rio e TV Globo)


Fernanda Soares, Franklin Vogas, Vanessa Ornelas, Juan Andrade, Amaro Mota, Filipe Carboni e Julian Viana (G1 Norte Fluminense, Lagos e Região Serrana)


Michele Martins, Rianne Netto, Isabel Sodré, Renan Tolentino, Vinicius Lima, Lara Gilly e Luís Filipe Pereira (G1 Sul do Rio e Costa Verde)



Fernanda Zauli, Anderson Barbosa, Igor Jácome, Rafael Barbosa e Ricardo Oliveira (G1 RN)


Jonatas Boni, Magda Oliveira, Rogério Aderbal, Eliete Marques, Jeferson Carlos, Diêgo Holanda, Hosana Morais e Jheniffer Núbia (G1 RO)


Emily Costa, Jackson Félix e Inaê Brandão (G1 RR)


Hygino Vasconcellos, Gabriela Haas, Otávio Daros, Jessica Perdonsini, Daniel Favero, Tatiana Lopes, Rafaella Fraga, Shállon Teobaldo, Janaina Lopes, Felipe Truda, Luã Hernandez e Alexandra Freitas (G1 RS)


Fernanda Burigo, Joana Caldas, Mariana de Ávila, Mariana Faraco e Valéria Martins (G1 SC)


Joelma Gonçalves (G1 SE)


Glauco Araújo, Luiz Ottoni, Kleber Tomaz, Will Soares, Cíntia Acayaba, Paulo Toledo Piza e Paulo Guilherme (G1 SP)


Mariana Bonora e Tiago Moraes (G1 Bauru)


Patrícia Teixeira, Marcello Carvalho, Fernando Evans, Fernando Pacífico, Murillo Gomes, Ana Letícia Lima, Bruno Oliveira e Letícia Baptista (G1 Campinas)


Paola Patriarca e Francine Galdino (G1 Itapetininga)


Fernanda Lourenço, Jamile Santana, Cristina Requena e Gladys Peixoto (G1 Mogi das Cruzes e Suzano)


Samantha Silva, Arthur Menicucci e Carol Giantomaso (G1 Piracicaba)


Adriano Oliveira e Rodolfo Tiengo (G1 Ribeirão Preto)


Renata Fernandes, Marcos Lavezo e Bruna Alves (G1 Rio Preto)


Fernando Bertolini, Stefhanie Piovezan, Fabio Rodrigues, Raquel Baes, Ana Marin e Kalinka Bacacicci (G1 São Carlos)


Mayara Corrêa, Ana Carolina Levorato, Fernanda Szabadi, Carlos Dias, Álisson Batista, Aline Albuquerque e Gabriel Morelli (G1 Sorocaba)


Gelson Netto, Stephanie Fonseca e Wellington Roberto (G1 Presidente Prudente)


João Paulo de Castro, Ivair Vieira Jr, José Cláudio Pimentel, Mariane Rossi e Alexandre Lopes (G1 Santos)


Guilherme Machado, Leonardo Medeiros, Carlos Santos e Simone Gonçalves (G1 Vale do Paraíba)


Patrício Reis, Jesana de Jesus, Edson Reis, João Guilherme Lobasz, Letícia Queiroz, Gilvana Giombelli, Matheus Mourão e Vilma Nascimento (G1 TO)

Prefeito Lucas Pocay se reúne com comerciantes e define ações na área de Segurança Pública


Prefeito Lucas Pocay lança 3ª edição do Festa na Mesa


Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano inicia Operação Tapa Buracos com Patrulha do Asfalto


VAGAS DO PAT OURINHOS PARA O DIA 09/11/2017


Abin recebe dossiê contra ex-superintendente da Polícia Federal na época Jackson


Justiça afasta prefeita que falou que ia desviar R$ 1 bi de obra em Porto Seguro


Câmara articula PEC para regular ‘supersalários’


Site da Câmara de São Paulo esconde salário de servidor


PM mata estudante com tiro na nuca em Santo André


Batida entre três carretas deixa três mortos na BR-242 e pista é interditada; criança é uma das vítimas


VAGAS DO PAT OURINHOS PARA O DIA 08/11/2017


Hospital São Francisco abre inscrições para Programa de Especialização Médica 2018


APTA abre CONCURSO para 33 pesquisadores científicos


3ª PEDALADA CONTRA AS DROGAS - EM OURINHOS


PTB REALIZA ENCONTRO REGIONAL EM CANITAR, NO SÁBADO​ - 10/11- COM CAMPOS MACHADO E ROBERTO JEFFERSON


REEDUCANDOS DO CR DE OURINHOS AUXILIAM DEFESA CIVIL APÓS FORTES CHUVAS


Porte de fuzil é crime hediondo. Onde está a certeza do castigo?


Paquistanesa tenta envenenar o marido e mata outras 17 pessoas


Parlamentares defendem manutenção da desoneração da folha de pagamento


Alta carga tributária é empecilho para sobrevivência de empresas


Insônia: o que fazer para vencer este transtorno


VAGAS DO PAT OURINHOS PARA O DIA 07/11/2017


Prefeitura de Ourinhos abre concurso para seis cargos com salários até R$ 2,6 mil


Polícia Militar Ambiental realiza Operação contra a caça predatória e apreende Armas e Munições


Homem disparou sobre atirador e evitou tragédia maior no Texas


Fatecs abrem inscrição para o Vestibular


DESEMPREGO PODE RECOLOCAR BRASIL NO MAPA DA FOME, DIZ LÍDER DA FAO


DIA 11 DE NOVEMBRO - ENCONTRO REGIONAL DO PTB EM CANITAR


Unesp oferece Mestrado em Engenharia Elétrica


Agora estamos juntos na luta mundial contra o câncer de próstata


"Tiroteio em massa" em igreja do Texas causa 26 mortos


Governadores se livram de investigações da Lava Jato no STJ