Policial militar é preso por atirar na mulher em Bauru



Policial militar é preso por atirar na mulher em Bauru
Por G1 Bauru e Marília
Daniel Giansante foi preso em flagrante após atirar na mulher em Bauru (Foto: Reprodução/Facebook)
Um policial militar foi preso em flagrante na madrugada desta quinta-feira (9) depois de atirar na mulher, em Bauru (SP). De acordo com informações da Polícia Civil, a advogada Juliana Giansante, de 35 anos, foi atingida quatro vezes e está internada no Hospital de Base. A família não autorizou a divulgação de seu estado de saúde.

Segundo a Polícia Militar, a corporação recebeu o chamado informando sobre disparo de arma de fogo em uma casa no Parque das Nações. Quando os policiais chegaram, encontraram a vítima caída na cozinha, ainda consciente, e o policial militar, Daniel Giansante, de pé, ao lado dela.





Policial militar é preso suspeito atirar na mulher em Bauru


A PM informou que Daniel estava bastante nervoso e chegou a resistir à prisão. Por conta disso, foi preciso "uso de força moderada" para contê-lo.

Foram apreendidas as cápsulas deflagradas e a arma usada no crime, uma pistola .40 registrada no nome de Daniel. De acordo com o delegado seccional, Ricardo Martines, a vítima levou quatro tiros.

O policial foi preso e encaminhado para o presídio militar Romão Gomes, na capital paulista. Ele não quis informar aos policiais o que motivou o crime.

O caso é investigado pela Polícia Civil e deve ser encaminhado para Delegacia de Defesa da Mulher. Ainda de acordo com a polícia, Daniel atuava internamente no batalhão da PM em Jaú.

Segundo informações da polícia, advogada foi atingida quatro vezes e está internada no Hospital de Base. PM foi levado para o presídio militar Romão Gomes.


Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.