Polícia Militar Ambiental constata pássaros mantidos ilegalmente em cativeiro em Ourinhos/SP



Polícia Militar Ambiental constata pássaros mantidos ilegalmente em cativeiro em Ourinhos/SP



Na última terça-feira, dia 12 de dezembro, policiais militares do 2º Batalhão de Polícia Militar Ambiental, destacados na Base Operacional de Ourinhos, durante atendimento de ocorrência, no Jardim das Paineiras, constataram 01 (um) Azulão-verdadeiro, com indícios de anilha adulterada, mantido em cativeiro.


Diante dos fatos, foi elaborado o Auto de Infração Ambiental, no valor de R$ 5.000,00, por ter em cativeiro espécime da fauna nativa, sem autorização do órgão competente. O valor da autuação foi aumentado pelo fato de que a ave da espécie Azulão-verdadeiro consta na Lista de Animais ameaçados de extinção do Estado de São Paulo.


A ave foi encaminhada para Associação Protetora de Animais Silvestres de Assis, por não apresentar condições de soltura em seu habitat natural.
O infrator responderá pelo crime ambiental, cuja pena é de detenção de seis meses a um ano, e multa.



A Polícia Militar Ambiental orienta que as denúncias sejam feitas através dos telefones 0800-0555-190, 181 (Disque Denúncia), EMERGÊNCIA 190, ou ainda diretamente às unidades da Polícia Militar Ambiental pelos telefones: (14) 3433.7199 – Marília; (14) 3496.5884 – Tupã; (18) 3323.5111 – Assis; (14) 3322.3077 – Ourinhos.

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.