As estratégias dos ricos brasileiros para pagar menos impostos


Jornada de Toxicologia evidencia: veneno está sim em nossa mesa


Mais uma rua no Jardim Matilde recebe obras de asfalto


Biblioteca recebe 141 novos livros por meio de projeto apresentado à Justiça Federal


Neste domingo (27) tem Basquete Trio, Palco Livre e oficina de grafite


VAGAS DO PAT OURINHOS PARA O DIA 28/08/2017


Lucas Pocay prestigia final da 2ª Jornada Municipal de Matemática


Corte Militar de SP tenta tirar civis da apuração de letalidade policial


A delação bombástica do ex-governador de MT


A delação bombástica do ex-governador de MT
Por Silvio Navarro     25 ago 2017
Revista VEJA

SILVAL - Delação pode implodir a classe política de MT e MS (Ed Ferreira/Estadão Conteúdo)

Silval Barbosa, do PMDB, implicou quase toda a classe política de MS e MT

Silval Barbosa (PMDB), ex-governador de Mato Grosso, que passou quase dois anos preso por desviar milhões dos cofres do estado, implicou quase toda a classe política mato-grossense em acordo de delação premiada firmado com o Ministério Público Federal — ele apresentou material cuja gravidade, por exemplo, é comparada à videoteca que derrubou José Roberto Arruda, ex-governador do Distrito Federal, na Operação Caixa de Pandora.

Silval citou nomes que, segundo ele, estariam envolvidos em esquemas de propina, como os dos senadores Cidinho Santos (PR) e Wellington Fagundes (PR), o governador Pedro Taques (PSDB) e o ministro Blairo Maggi (PR). Silval foi o principal alvo da Operação Sodoma, de setembro de 2015. Mas, se tudo o que disse às autoridades — ele confessou os crimes — for comprovado, muita gente ainda poderá parar atrás das grades.

Revista VEJA

Bretas manda prender de novo investigado solto por Gilmar Mendes


COMUNICADO SAE URGENTE: ACIDENTE COM ADUTORA, DEVERÁ FALTAR ÁGUA


Lucas Pocay conversa com pacientes em visita à UPA


VEJA acompanha o voo do 1º dirigível tripulado da América Latina