Secretaria de Educação do Paraná abre PSS para contratar 10 mil profissionais



ATÉ 12 DE JANEIRO

Secretaria de Educação do Paraná abre PSS para contratar 10 mil profissionais

No terceiro dia de inscrições, o Processo Seletivo Simplificado (PSS) da Secretaria da Educação já registra 97 mil inscrições, feitas por 34 mil pessoas. Curitiba, 04/01/18. Foto: Hedeson Alves

A Secretaria de Estado da Educação (Seed) abriu inscrições para o Processo de Seleção Simplificado (PSS) que vai contratar, no mínimo, 10 mil professores, pedagogos, guias intérpretes e tradutores de Língua Brasileira de Sinais (Tils) para atuarem, temporariamente, nas escolas estaduais do Paraná em 2018. A inscrição é gratuita e pode ser feita até as 18h de 12 de janeiro pela internet, no site do PSS

Os cargos são divididos entre os 32 Núcleos Regionais de Educação (NREs), de acordo com a necessidade de cada regional, e os profissionais também poderão atuar em escolas de Educação Especial. 

A carga horária prevista em edital varia de 20 a 50 horas-aula semanais. Para professores: até 40h semanais; para pedagogos: 20 ou 40; para Professor de Apoio à Comunicação Alternativa (PAC), Professor de Apoio Educacional Especializado (Paee), Professor Guia-Intérprete e Tradutor e Intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Tils): até 25 ou 50 horas-aula semanais.

O salário para detentores de curso superior completo será de R$ 13,63/hora. Para detentores de licenciatura curta será de R$ 11,79/hora. Para acadêmicos de primeira graduação e detentores de ensino médio o salário por hora será de R$ 11,01. O auxílio transporte de R$ 4,58/hora é válido para todas as categorias. 

Para participar, o candidato deve ser brasileiro nato, naturalizado ou, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo Estatuto de Igualdade entre Brasileiros e Portugueses; ter no mínimo 18 anos completos e no máximo 75 anos incompletos no momento da convocação; e possuir cadastro prévio no Sistema PSS para, na sequência, realizar a inscrição. O candidato deve manter seus dados atualizados no decorrer do processo seletivo. 

O PSS não contará com provas escritas, pois a seleção será feita com base em informações como escolaridade, aperfeiçoamento profissional e tempo de serviço, de acordo com o [link=""]edital. A participação não implica, obrigatoriedade, em contratação, ficando reservado à Seed o direito contratar o número que atenda ao interesse e às necessidades do serviço. 

A lista provisória dos candidatos classificados será publicada em 16 de janeiro, após as 16h, no portal da Seed. O resultado final deve ser divulgado em 23 de janeiro, quando começa a convocação para a comprovação dos títulos. 

Os profissionais da educação retornam ao trabalho nos dias 15 e 16 de fevereiro para as capacitações da Semana Pedagógica do primeiro semestre letivo. As aulas de 2018 começam em 19 de fevereiro, após o carnaval. 

Veja edital em Libras
Fernando Buchhorn - Redação Bonde

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.