Criminosos recolocam barricadas que tinham sido retiradas pelas Forças Armadas na Vila Kennedy


Criminosos recolocam barricadas que tinham sido retiradas pelas Forças Armadas na Vila Kennedy
Por Bom Dia Rio

Imagem da operação realizada no sábado (3) mostra homens das Forças Armadas retirando barricadas na Vila Kennedy, no Rio (Foto: Divulgação/ Comando Militar do Leste)
Imagens do Globocop mostraram novas barreiras na Av. Marrocos, uma das vias de acesso mais importantes da comunidade. No sábado, homens do Exército fizeram a remoção de 16 barricadas.

Criminosos recolocaram barricadas nas vias de acesso à Vila Kennedy, na Zona Oeste do Rio. Uma operação com 1,4 mil homens do Exército, realizada no sábado (3), tinha retirado 16 obstáculos das ruas da comunidade. Após a saída dos militares, os traficantes voltaram a colocar as barreiras.

Imagens feitas pelo Globocop na manhã desta segunda-feira (5) mostram um tonel com concreto no meio Avenida Marrocos, uma das vias de acesso mais importantes da região. Os obstáculos colocados pelos bandidos dificultam o acesso à comunidade de veículos blindados das polícias e das tropas federais.

Por volta das 9h45, a Polícia Militar informou que o Batalhão de Choque (BPChq) fazia uma operação na comunidade.


Barricadas foram recolocadas em ruas da Vila Kennedy, no Rio de Janeiro. (Foto: Reprodução/ TV Globo)


Operação das Forças Armadas

Na ação de sábado, além de retirar as barricadas, o Exército também prendeu cinco pessoas, de acordo com o Comando Conjunto das Operações que atuam em Apoio ao Plano Nacional de Segurança Pública. Cerca de 700 pessoas e 300 veículos foram revistados.

Essa foi a primeira operação no Rio realizada exclusivamente por militares desde que o presidente Michel Temer assinou decreto de intervenção federal na área da segurança no RJ. Essa foi a segunda operação na Vila Kennedy em menos de 10 dias.

Desde o dia 16 de fevereiro até o dia 1° de março, foram retiradas quase 100 barricadas na região da Vila Aliança e Vila Kennedy. O Comando Militar do Leste (CML) está avaliando esta situação para ver que providências vai tomar.

Do G1

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.