Prefeito Lucas Pocay participa de encontro para discutir nova base curricular da educação


EDUCAÇÃO DE QUALIDADE
         Prefeito Lucas Pocay participa de encontro para discutir nova base curricular da educação


         O Prefeito Lucas Pocay participou na noite de terça-feira (22), no Teatro Municipal, de um encontro com servidores e gestores da rede municipal da educação para discutir a nova base comum nacional curricular.
         O evento contou com a presença da consultora na área educacional, Regina Shudo. O objetivo foi discutir a inserção das mudanças que deverão ser feitas de acordo com a nova base educacional, que visam melhorar a qualidade do ensino em Ourinhos e no Brasil.
         O Prefeito Lucas Pocay afirmou que a Educação é uma prioridade de seu governo e para alcançar as metas e concretizar os planos traçados é necessário, acima de tudo, um trabalho em conjunto.


         “A Educação é feita do trabalho dos professores, diretores, funcionários da Educação, dos pais, poder público, de todos os envolvidos trabalhando em uma única causa. A educação é a base de toda criança e por isso requer um envolvimento maior, buscando inovações e cada um se doando um pouco nessa formação da criança. Temos realizado diversas ações com este pensamento e estamos animados para continuar este trabalho com a ajuda de todos“, afirma.
         O Secretário Municipal de Educação, Wilson Moraes, afirma que o setor passa por um momento de mudança em nível nacional.


         “A base curricular nacional que está sendo introduzida preconiza que as crianças tenham que estar alfabetizadas até os sete anos no segundo ano do ensino fundamental. Então, a importância deste evento é semear junto aos professores essa construção de como a base vai ser aplicada na rede de ensino de Ourinhos. Como o Lucas sempre diz, temos que pensar no futuro das crianças. Semeando hoje para colher amanhã bons resultados”, ressalta.
         O encontro contou com a participação da consultora na área de educação, Regina Shudo, especialista em formação de professores. Segundo ela, a nova base foi homologada no dia 20 de dezembro de 2017 e os municípios têm até 2019 para discutir e implantar o novo currículo. “A base é o que dá referência para o currículo no Brasil. Pela primeira vez essa base é unificada. Ou seja, todos trabalhando da mesma maneira para avançar e melhorar a qualidade da educação em todo o país”, diz.

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.