Prefeitura de Ourinhos exonera diretor de escola de música por suspeita de improbidade


Prefeitura de Ourinhos exonera diretor de escola de música por suspeita de improbidade
Por G1 Bauru e Marília
Prefeitura de Ourinhos, Lucas Pocay, anuncia abertura de sindicância para investigar as suspeitas
Segundo acusação, funcionário público teria relação em cooperativa que cede professores ao projeto. Prefeitura vai abrir sindicância e garante que as 600 crianças atendidas não terão aulas interrompidas.

O diretor da escola de música mantida pela prefeitura de Ourinhos (SP) foi exonerado de seu cargo por suspeita de improbidade.

O prefeito Lucas Pocay (PSD) informou que será aberta uma sindicância pra investigar a relação do ex-funcionário público com uma cooperativa que presta serviços na área de cultura.

Segundo a prefeitura, a escola municipal de música atende a cerca de 600 crianças, mas o município possui apenas cinco professores contratados. Para dar conta da demanda, a prefeitura mantém contrato com uma cooperativa, que fornece o os outros 40 professores ao projeto.

“Vimos que o diretor da escola de música tinha vínculo com a cooperativa e demitimos no mesmo dia. Agora, vamos abrir sindicância contra todos os citados na denúncia. Fizemos assim porque não admitimos nada errado e também nos colocamos à disposição do Ministério Público e da Câmara para termos transparência total neste caso”, disse o prefeito.

Segundo a prefeitura, a exoneração do diretor da escola não afeta o contrato com a cooperativa e por isso as aulas de música não serão interrompidas.

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.