Na internet, Aécio impede comentários de internautas em perfil oficial



Na internet, Aécio impede comentários de internautas em perfil oficial

METRÓPOLES - 

CAIO BARBIERI

IAN FERRAZ   18/04/2018
Marcos Oliveira/Agência Senado

Réu no Supremo Tribunal Federal (STF) por corrupção e obstrução da Justiça, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) desabilitou no Instagram a função de comentários de internautas. Com 381 mil seguidores nessa rede de relacionamento, o tucano passou a ter o perfil oficial atacado por militantes da esquerda e também por eleitores decepcionados.
Sem deixar ali seu protesto, os internautas encontraram uma das últimas fotos abertas para engajamentos: uma imagem postada em março de 2017, o mineiro ao lado da então ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois. Parte dos comentários foi feita com a hashtag#aecionacadeia.
No perfil oficial de Aécio Neves no Facebook, contudo, o entrosamento dos seguidores continua permitido. É que, diferentemente do Instagram, o Facebook oferece a opção de moderar os comentários antes de eles serem publicados. Nessa rede, Aécio coleciona mais de 4 milhões de internautas engajados e, segundo as últimas publicações, pouquíssimos são divergentes.
METRÓPOLES

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.