O PT que bate e arrebenta



O PT que bate e arrebenta

Vicente Vilardaga 13/04/18

ISTO É
Crédito: Divulgação

DISCURSO Político experiente ou brutamontes: qual é a verdadeira identidade de Maninho? (Crédito: Divulgação)

Membro da executiva estadual do partido, ex-vereador Maninho é indiciado por lesão grave em empresário

Quem viu as imagens do empresário Carlos Alberto Bettoni, de 56 anos, sendo empurrado na direção de um caminhão em movimento, no último dia 5, se espantou com a brutalidade da cena. Junto com outros manifestantes, Bettoni vaiava e xingava os membros da cúpula do PT que saiam de uma reunião no Instituto Lula, em São Paulo, logo depois da prisão do ex-presidente ter sido decretada. Acabou sendo selvagemente atacado pelo ex-vereador de Diadema Manoel Eduardo Marinho, conhecido como Maninho, pelo seu filho Leandro Marinho, metalúrgico desempregado, e pelo diretor do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC Paulo Caires, o Paulão. Os três perseguiram o empresário com empurrões, socos e pontapés e, cheio de fúria, Maninho deu o golpe derradeiro que levou a vítima a bater a cabeça no pára-choque do caminhão e tombar desacordado junto a uma poça de sangue. Desde então, com traumatismo craniano, Bettoni está internado na UTI do Hospital São Camilo em estado grave, sem previsão de alta e com quadro de confusão mental.

Maninho, por enquanto, escapou de uma acusação de tentativa de homicídio, mas o MP pode mudar esse entendimento.

ISTO É

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.