Dois caminhoneiros do Paraná morrem em bloqueios durante protestos da categoria



Dois caminhoneiros do Paraná morrem em bloqueios durante protestos da categoria

Dois profissionais do volante residentes no Paraná morreram na segunda-feira (21) em locais de bloqueios em rodovias por conta do protesto nacional de caminhoneiros contra os seguidos aumentos do preço do óleo diesel.
Um motorista de 54 anos morreu atropelado no início da tarde na BR-376, em Paranavaí, no noroeste do Paraná. De acordo com a a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ele participava do protestos nacional e pediu para um caminhão parar no bloqueio.
O motorista do veículo de carga tentou fazer o retorno antes do bloqueio e acabou atropelando o manifestante acidentalmente.
O homem foi socorrido, teve uma parada cardiorrespiratória dentro da ambulância, e ainda chegou a ser levado à Santa Casa de Paranavaí, mas faleceu pouco depois.
O motorista do caminhão que atropelou o homem foi ouvido pela polícia, fez teste do bafômetro, que deu negativo, e acabou liberado.
Caminhoneiro de ApucaranaUm profissional do volante de Apucarana (norte do Paraná) morreu ontem (21) à tarde em ponto de bloqueio em rodovia no Estado do Tocantins durante protesto da categoria.
De acordo com a Autarquia de Serviços Funerários de Apucarana (Aserfa), Elton Fabrício, de 46 anos, estava parado em um local de mobilização dos caminhoneiros para protestar contra os seguidos aumentos do preço do óleo diesel quando sofreu um infarto fulminante.
TNOnline

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.