Fundo Social entrega dia 21 as roupas e cobertores doados para a Campanha do Agasalho


Fundo Social entrega dia 21 as roupas e cobertores doados para a Campanha do Agasalho 


         O Fundo Social de Solidariedade de Ourinhos iniciou a separação e contagem de peças doadas durante a Campanha do Agasalho 2018. O número total de doações será divulgado na entrega das peças para as entidades filantrópicas cadastradas no município, dia 21 de maio, às 9h, no CSU (Centro Social Urbano). A expectativa é superar o número de peças doadas no ano passado, quando foram entregues 20 mil itens.
         Segundo o Secretário adjunto da Secretaria de Assistência Social, Roberto Tasca, a separação leva em conta peças em boas condições de uso, divididos em masculino e feminino, infantil, juvenil, edredons e cobertas e calçados.
“Após a separação, vamos embalar as peças para que sejam entregues da melhor forma possível como um ato de amor para as famílias que irão receber itens de vestimentas, calçados e roupas de cama”, comenta.
Assim como no ano anterior, a entrega das peças será feita para os presidentes das Associações de Moradores de Bairros e entidades cadastradas, que por sua vez, ficarão responsáveis por entregar às famílias necessitadas.
         O Secretário de Assistência Social, Felipe Pereira Ramos, diz que o objetivo da Campanha do Agasalho é promover a política da solidariedade para que as políticas públicas alcancem todas as esferas.
“Muitos têm algo sobrando em casa que poderia estar cedendo para quem mais precisa. Essa campanha não vem apenas com apelo da doação, mas doar aquilo que é de qualidade também para fazer o bem a quem precisa. Neste ano tivemos mais pontos de doações além das visitas dos atiradores do Tiro de Guerra e o que esperamos é realizar um grande trabalho de solidariedade na cidade”, fala.
A Primeira Dama de Ourinhos e Presidente do Fundo Social, Clara Pocay, agradeceu o empenho de todos os envolvidos na coleta dos agasalhos, especialmente o Tiro de Guerra, e também a colaboração da população.
“A participação da população é muito importante. Centenas de famílias que não têm condições de adquirir uma coberta ou roupas de frio necessitam de ajuda. Doar uma roupa de boa qualidade é um gesto de amor ao próximo que pode inclusive salvar vidas”, diz.




Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.