Greve só acaba com publicação da isenção de impostos no Diário Oficial, diz Abcam



Greve só acaba com publicação da isenção de impostos no Diário Oficial, diz Abcam

ISTO É
Greve só acaba com publicação da isenção de impostos no Diário Oficial, diz Abcam

Caminhoneiros bloqueiam vias em São Paulo, em protesto contra aumento de preços do diesel, em 21 de maio de 2018 - AFP

A Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam) informou na manhã desta quinta-feira que o movimento de paralisação da categoria só terminará quando a redução de impostos dos combustíveis for publicada no Diário Oficial da União (DOU). A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa da entidade que mencionou que o movimento “não acredita mais nas promessas do governo” e que, por isso, a paralisação só terminará quando a decisão “virar lei”.

Mais cedo, o presidente Abcam, José da Fonseca Lopes, havia dito em entrevista à Rádio Eldorado que as manifestações poderiam ser suspensas nesta tarde, desde que o projeto que prevê zerar a PIS-Cofins sobre o óleo diesel fosse aprovado pelo Senado. Líderes do movimento terão encontro com a cúpula do governo federal às 14h no Palácio do Planalto.

Na noite desta quarta-feira, 23, a Petrobras anunciou de redução do preço do diesel em 10% e a manutenção desses preços por 15 dias.

ISTO É

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.