O QUE JÁ ERA CARO ...FICOU MAIS CARO AINDA. OS PEDÁGIOS EM SP



O QUE JÁ ERA CARO   ...FICOU MAIS CARO AINDA.
Pedágios das rodovias de SP ficam mais caros hoje; confira as novas tarifas
Por iG São Paulo | 01/07/2018

Historicamente, o reajuste desses preços é aplicado todo o dia 1º de julho; confira quais os pedágios mais caros
Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Historicamente, o reajuste desses preços é aplicado todo o dia 1º de julho; confira quais os pedágios mais caros


Agora, os pedágios mais caros do estado são os da rodovia Anchieta, em Riacho Grande, e da Imigrantes, em Paraitinga, que agora custam R$ 26,20

Atenção, motoristas: as novas tarifas de pedágio das rodovias estaduais de São Paulo entram em vigor neste domingo (1º). Com o reajuste, que chega a até R$ 0,30, os valores a serem pagos para quem quiser trafegar pelas principais rodovias do estado, ficarão ainda mais altos. Os pedágios mais caros passam, inclusive, dos R$ 26.

O reajuste de 2,85% – índice relativo ao IPC-A acumulado entre junho do ano passado e maio desse ano encareceu as tarifas contratuais de 19 concessionárias. Os pedágios mais caros  são os da rodovia Anchieta (Riacho Grande) e da Imigrantes (Paraitinga), que agora custam R$ 26,20.

Historicamente, o reajuste desses preços é aplicado todo o dia 1º de julho. A data foi estipulada, desde 1998, nos contratos de todas essas concessionárias de rodovias paulistas . Na última terça-feira (26), esse reajuste foi publicado no Diário Oficial do Estado.

Pedágios mais caros: veja quanto subiu em cada trecho


No sistema Ayrton Senna-Carvalho Pinto, os preços vão agora de R$ 3,50 a RS$ 3,70. Na Ayrton Senna, em Itaquaquecetuba, o preço subiu de R$ 3,60 para R$ 3,70; em Guarararema, de R$ 3,40 para R$ 3,50. Já na Carvalho Pinto, em São  José dos Campos, o pedágio subiu de R$ 3,40 para R$ 3,50; e em Caçapava, de R$ 2,50 para R$ 3,60.

Na Anhanguera, os preços subiram da seguinte forma: em Perus, de R$ 8,90 para R$ 9,20; em Valinhos de R$ 8,80 para R$ 9,10; em Nova Odessa, de R$ 7,80 para R$ 8,10; em Limeira, de R$ 5,80 para R$ 6,10; em Leme, de R$ 7,40 para R$ 7,60; em Pirassununga, de R$ 7,40 para R$ 7,60; em Santa Rita do Passa Quatro, R$ 7,10 para R$ 7,30; e, por fim, em São Simão, de R$ 7,10 para R$ 7,30.

Na Bandeirantes, o pedágio de Caieiras subiu de R$ 8,90 para R$ 9,20; no Campo Limpo Paulista, de R$ 8,90 para R$ 9,20; em Itupeva, de R$ 8,80 para R$ 9,10; em Sumaré, R$ 7,80 para R$ 8,10; e, em Limeira, de R$ 5,90 para R$ 6,10.

No Rodoanel Mário Covas, a reajuste afeta apenas o pedágio do Trecho Sul, que sobe de R$ 3,30 para R$ 3,40. Além disso, em outras quatro praças, reajustes não serão passados para o motorista: nos trechos Leste e Oeste do Rodoanel Mário Covas e nas praças de bloqueio de Diadema e Eldorado da Rodovia dos Imigrantes.

No sistema Anchieta-Imigrantes, onde estão os pedágios mais caros do estado, as mudanças serão as seguintes: em Riacho Grande, o preço sobe de R$ 25,60 para R$ 26,20; em Eldorado, de R$ 3,60 para R$ 3,60; e em Piratininga, de R$ 25,60 para R$ 26,20.

Fonte: iG Vigilante - iG 

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.