Secretaria de Saúde promove entre os dias 04 e 31 de agosto a Campanha de Vacinação contra Polio e Sarampo


Secretaria de Saúde promove entre os dias 04 e 31 de agosto a Campanha de Vacinação contra Polio e Sarampo 


         A Secretaria de Saúde promove entre os dias 04 e 31 de agosto a Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo. Neste ano, a Saúde contará com o apoio do Rotary Club durante os dias 04 e 18 quando serão feitas ações de intensificação da campanha.
         O objetivo, segundo a Secretária de Saúde, Cássia Palhas, é vacinar o máximo de crianças possíveis contra a poliomielite, entre 01 e 04 anos de idade. “Dessa forma, contribuindo para a redução do risco de reintrodução do poliovírus selvagem, sarampo e rubéola”, diz.
Os postos que terão as doses disponíveis são: Postão Central, UBS Vila Margarida, UBS Vila São Luiz, UBS Parque Minas Gerais, UBS CAIC, UBS Vila Odilon, UBS Cohab, UBS Vila Brasil e UBS Itamaraty.
         Nos dias de mobilização, 04 e 18 de agosto, a Secretaria de Saúde, em parceria ao Rotary Club, montará um estande na Praça Mello Peixoto e no Jardim Itamaraty para aplicação da dose das vacinas. Nestes dois dias, também estarão disponíveis a imunização, nos postos de USF Flórida, USF Josefina, USF Itajubi, USF Pacheco Chaves, USF São Jorge, Núcleo Matilde, Núcleo Guaporé, UBS Região Oeste, Usina São Luiz, das 8h às 17h.
         “Essa intensificação da campanha está ligada ao fato de que tivemos casos de Sarampo e Pólio confirmados no Brasil e precisamos que a população esteja consciente sobre a importância de se vacinar. Além disso, o índice de vacinação em todo o país está baixo, então estamos usando estratégias para alcançar a população, inclusive com a volta do Zé Gotinha”, afirma.
         Cássia lembra que a poliomielite é uma doença infectocontagiosa viral aguda, caracterizada por um quadro de paralisia flácida, de início súbito. Acomete em geral os membros inferiores, de forma assimétrica, tendo como principais características a flacidez muscular. “A transmissão pode ocorrer no contato direto com pessoas por objetos, alimentos e água contaminada ou gotículas de secreções da orofaríngea ao falar, tossir e espirrar”, explica.
         Já o Sarampo é uma doença viral infectocontagiosa, transmitida de pessoa para pessoa através de secreções nasais e orais expelidas pelo doente ao tossir, espirrar e falar. “E os sintomas são pequenas erupções na pele de cor avermelhada, febre alta, dor de cabeça, mal estar, inflamação nas vias respiratórias e tosse produtiva”, acrescenta.

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.