Segundo assessoria, Moro estava em Curitiba quando despachou contra liberdade de Lula

Segundo assessoria, Moro estava em Curitiba quando despachou contra liberdade de Lula

DCM

Da CartaCapital.
A assessoria da Justiça Federal do Paraná informou a CartaCapital nesta quarta-feira 11 que o juiz Sérgio Moro está em Curitiba desde o início de suas férias, em 2 de julho. De acordo com a equipe de comunicação, ele não estava em Portugal quando se recusou a atender à determinação de Rogério Favreto, desembargador do Tribunal Federal da 4ª Região, de soltar o ex-presidente.
Relatos de que Sérgio Moro estaria na Europa quando despachou foram reproduzidos por diversos veículos, entre eles CartaCapital. As matérias do site da revista que citaram a informação já foram atualizadas.
Ao Conselho Nacional de Justiça, que investigará Moro por sua atuação na batalha de decisões do domingo 8, o magistrado afirmará não ter deixado o Brasil durante suas férias. Formalmente, seu período de descanso teve início em 2 de julho e se encerra em 31 de julho.
Mesmo no Brasil, Moro abandonou a folga para despachar contra Lula. Ele recusou-se a acatar a decisão de Favreto e, por orientação de Thompson Flores, presidente do TRF4, preferiu consultar João Pedro Gebran Neto, relator do caso de Lula no tribunal. Gebran Neto revogou a decisão de Favreto. Com a insistência do desembargador plantonista em determinar a libertação de Lula, Flores interferiu e manteve o petista preso.
(…)
DCM

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.