Concurso Polícia Civil PC RR 2018: Saiu o edital com 330 vagas para nível médio e superior! Até R$ 18.387,42!



Concurso Polícia Civil PC RR 2018: Saiu o edital com 330 vagas para nível médio e superior! Até R$ 18.387,42!

Saulo Moreira      17/08/2018
NOTÍCIAS    CONCURSOS



Fundação VUNESP organiza o certame; Inscrições abrem no dia 31 de agosto

Saiu o edital! Foi divulgado no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira, 17 de agosto, o aguardado edital do concurso da Polícia Civil do Estado de Roraima (Concurso PC RR 2018) para o preenchimento de nada menos que 330 (trezentos e trinta) vagas. A Fundação Vunesp tem a responsabilidade do certame.
O edital do concurso da Polícia Civil de Roraima 2018 conta com vagas para os cargos de Delegado de Polícia Classe Substituta (35 vagas), Médico Legista 06 vagas), Odonto-Legista (02 vagas), Perito Criminal (14 vagas), Escrivão (120 vagas), Agente de Polícia Civil (100 vagas), Perito Papiloscopista (15 vagas), Auxiliar de Perito Criminal (23 vagas) e Auxiliar de Necropsia (15 vagas). Serão reservadas oportunidades para candidatos com deficiência, conforme disposto na tabela abaixo.
A carreira de Perito Criminal de Polícia Civil Classe Inicial terá suas vagas distribuídas por especialidade (área): Engenharia Mecânica (02 vagas), Engenharia Civil (01 vaga), Engenharia Elétrica ou Engenharia Eletrônica (02 vagas), Química, Engenharia Química ou Farmácia (01 vaga), Ciências Contábeis (02 vagas), Engenharia Florestal (01 vaga), Geologia (01 vaga), Física (01 vaga) e Computação Científica ou Sistemas de Informação (03 vagas).

Sobre os cargos do Concurso Polícia Civil PC RR 2018

Delegado de Polícia Classe Substituta
REQUISITOS: Ser brasileiro; ter, no mínimo, dezoito anos de idade; estar quite com as obrigações militares e eleitorais; não possuir antecedentes criminais; possuir habilitação legal para a condução de veículos automotores (habilitação categoria B ou superior). e ter Curso de Bacharelado em Direito, em escola oficial ou reconhecida.
ATRIBUIÇÕES: Portar arma de fogo e munição e atuar com possibilidade de exposição a situações de risco; mediar conflitos; Dirigir, coordenar, supervisionar e fiscalizar as atividades administrativas e operacionais do órgão ou unidade policial sob sua direção; Cumprir e fazer cumprir, no âmbito de sua competência, as funções institucionais da Polícia Civil; Instaurar e presidir inquéritos e lavrar termos circunstanciados, de conformidade com o disposto na Lei Federal nº 9.099, de 26 de setembro de 1995; Expedir intimações e determinar, em caso de não comparecimento injustificado, a condução coercitiva; Planejar e dirigir operações policiais de natureza ostensiva ou reservada, desenvolvidas na área circunscricional de sua competência, com vista à prevenção e à repressão criminal; Assegurar o sigilo necessário à elucidação do fato sob investigação, conforme dispuser a lei processual; Requisitar, exames periciais, inclusive de sanidade mental e complementar, destinados a colher e resguardar indícios ou provas da ocorrência de infrações penais; Requisitar fundamentadamente, informações e documentos de entidades públicas e privadas; Requisitar serviços e técnicos especializados de órgãos públicos e de concessionárias de serviços públicos; Desempenhar funções técnico-administrativas, administrativas e outras de natureza não policial, no âmbito da Polícia Civil e da Secretaria de Segurança Pública; E, outras atividades previstas em lei e/ou regulamentos próprios, bem como executar outras tarefas correlatas a carreira.
SUBSÍDIO: R$ 18.387,42 (dezoito mil, trezentos e oitenta e sete reais e quarenta e dois centavos), acrescido de auxílio alimentação no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais).
BOLSA FORMAÇÃO: R$ 5.516,22 (cinco mil, quinhentos e dezesseis reais e vinte e dois centavos).
JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
REGIME DE TRABALHO: A função policial sujeita-se à prestação de serviços em condições adversas de segurança, com risco de vida, plantões noturnos e chamadas a qualquer hora, desde que justificada a necessidade, inclusive com a realização de diligências policiais em todo o Estado de Roraima ou fora dele.
TAXA DE INSCRIÇÃO: R$ 260,00 (duzentos e sessenta reais).
Médico Legista de Polícia Civil
REQUISITOS: Ser brasileiro; ter, no mínimo, dezoito anos de idade; estar quite com as obrigações militares e eleitorais; não possuir antecedentes criminais e ter curso superior de medicina com registo no Conselho Regional de Medicina;
ATRIBUIÇÕES: Portar arma de fogo e munição e atuar com possibilidade de exposição a situações de risco; exercer, no campo pericial respectivo, a função policial técnico-científica de polícia judiciária e administrativa, procedendo às perícias médico-legais, para determinação da causa mortis ou natureza das lesões, e à consequente elaboração de laudos periciais; requisitar ou realizar exames laboratoriais referentes à patologia, radiologia, toxicologia e outros, necessários à complementação pericial; supervisionar, orientar e realizar, segundo a complexidade e relevância do caso, exame de corpo de delito em pessoas vivas, fazendo inspeção, observação e análise de lesões corporais, de sexologia criminal, de sanidade física, de verificação de idade e de embriaguez etílica, a fim de estabelecer o diagnóstico médico-legal; orientar e realizar, segundo a complexidade e relevância do caso, exames microscópicos em vítimas de morte recente, violenta ou súbita, em corpos em estado de putrefação e pós-exumática, fazendo inspeção, observação, análise e dissecação das cavidades cranianas, torácica e abdominal, para determinar a causa mortis; desenvolver novos métodos e técnicas de trabalho pericial de acordo com a evolução da ciência e tecnologia; desempenhar missões de interesse do órgão, inclusive de estudos, atuando como representante legal do Estado, quando for o caso, para decidir sobre assuntos importantes e de interesse da Medicina Legal; desempenhar funções técnico-administrativas, administrativas e outras de natureza não policial, no âmbito da Polícia Civil e da Secretaria de Segurança Pública; atender às requisições da Autoridade Policial; e, outras atividades previstas em lei e/ou regulamentos próprios, bem como executar outras tarefas correlatas a carreira.
SUBSÍDIO: R$ 11.622,68 (onze mil, seiscentos e vinte e dois reais e sessenta e oito centavos), acrescido de auxílio alimentação no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais).
BOLSA FORMAÇÃO: R$ 3.486,80 (três mil, quatrocentos e oitenta e seis reais e oitenta centavos).
JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
REGIME DE TRABALHO: A função policial sujeita-se à prestação de serviços em condições adversas de segurança, com risco de vida, plantões noturnos e chamadas a qualquer hora, desde que justificada a necessidade, inclusive com a realização de diligências policiais em todo o Estado de Roraima ou fora dele.
TAXA DE INSCRIÇÃO: R$ 240,00 (duzentos e quarenta reais).
Odonto-Legista de Polícia Civil
REQUISITOS: Ser brasileiro; ter, no mínimo, dezoito anos de idade; estar quite com as obrigações militares e eleitorais; não possuir antecedentes criminais e ter Curso de Odontologia com registro no Conselho Regional de Odontologia.
DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: Portar arma de fogo e munição e atuar com possibilidade de exposição a situações de risco; orientar e realizar exames odonto-periciais em vítimas de morte recente, violenta ou súbita, em corpos em estado de putrefação ou pós-exumática, fazendo inspeção, observação e análise de arcada dentária e estudos de antropologia forense, para identificação da faixa etária, idade cronológica e outros dados de interesse da área de sua especialização; supervisionar, controlar e realizar exames odonto-periciais de arcadas dentárias, fazendo biópsia de lesões e retirando fragmentos, para proceder a exames anatomopatológicos; requisitar ou realizar exames específicos da arcada dentária no vivo, relativamente à lesão corporal, de deformidades, debilidades de articulação, danos estéticos, avaliação da faixa etária e identificação através de ficha bucal emitir pareceres, laudos e oferecer sugestões e dados estatísticos, assessorando, acompanhando ou executando atividades no âmbito de sua especialidade, para assegurar a eficiência do trabalho no campo da Odontologia Legal; desempenhar missões de interesse do órgão, inclusive de estudos, atuando como representante legal do Estado, quando for o caso, para decidir sobre os assuntos importantes e de interesse da Odontologia Legal; desempenhar funções técnico-administrativas, administrativas e outras de natureza não policial, no âmbito da Polícia Civil e da Secretaria de Segurança Pública; atender às requisições da Autoridade Policial; e, outras atividades previstas em lei e/ou regulamentos próprios, bem como executar outras tarefas correlatas a carreira.
SUBSÍDIO: R$ 11.622,68 (onze mil, seiscentos e vinte e dois reais e sessenta e oito centavos), acrescido de auxílio alimentação no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais).
BOLSA FORMAÇÃO: R$ 3.486,80 (três mil, quatrocentos e oitenta e seis reais e oitenta centavos).
JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
REGIME DE TRABALHO: A função policial sujeita-se à prestação de serviços em condições adversas de segurança, com risco de vida, plantões noturnos e chamadas a qualquer hora, desde que justificada a necessidade, inclusive com a realização de diligências policiais em todo o Estado de Roraima ou fora dele.
TAXA DE INSCRIÇÃO: R$ 240,00 (duzentos e quarenta reais).
Perito Criminal de Polícia Civil
REQUISITOS: Ser brasileiro; ter, no mínimo, dezoito anos de idade; estar quite com as obrigações militares e eleitorais; não possuir antecedentes criminais e ter curso superior, observadas as especialidades: Farmácia, Química, Física, Engenharia (Civil, Elétrica, Eletrônica, Química, Mecânica e Florestal), Ciências Contábeis, Geologia e Computação Científica ou Análise de Sistema, com registro no Conselho Regional da Categoria, caso seja exigência legal para o exercício da atividade.
ATRIBUIÇÕES: Portar arma de fogo e munição e atuar com possibilidade de exposição a situações de risco; planejar, organizar, coordenar, supervisionar e executar atribuições relacionadas com perícias especializadas na área Criminalística; realizar perícias de sistema de segurança veicular, de especificação e confronto de materiais, vistorias especiais de Engenharia Legal, de espectrografia do som de complementação e reconstituição de locais de jogos; realizar perícias criminais em locais de morte violenta, disparo de armas, acidente de tráfego com vítimas, arrombamento ou situações similares; realizar perícias em locais de crimes contra o Patrimônio; realizar perícias no campo da revelação latente de cunhagem a frio em metal, adulteração em veículos (chassi do motor), adulteração em máquinas, motores e aparelhos; realizar perícias de arquivo, monopolizar pesquisa da identidade do criminoso, através dos fragmentos de impressões digitais deixadas no local do crime ou em objetos suspeitos; desempenhar funções técnico-administrativas, administrativas e outras de natureza não policial, no âmbito da Polícia Civil e da Secretaria de Segurança Pública; atender às requisições da Autoridade Policial; e, outras atividades previstas em lei e/ou regulamentos próprios, bem como executar outras tarefas correlatas a carreira.
SUBSÍDIO: R$ 11.622,68 (onze mil, seiscentos e vinte e dois reais e sessenta e oito centavos), acrescido de auxílio alimentação no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais). BOLSA FORMAÇÃO: R$ 3.486,80 (três mil, quatrocentos e oitenta e seis reais e oitenta centavos).
JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
REGIME DE TRABALHO: A função policial sujeita-se à prestação de serviços em condições adversas de segurança, com risco de vida, plantões noturnos e chamadas a qualquer hora, desde que justificada a necessidade, inclusive com a realização de diligências policiais em todo o Estado de Roraima ou fora dele.
TAXA DE INSCRIÇÃO: R$ 240,00 (duzentos e quarenta reais).
Escrivão de Polícia Civil
REQUISITOSSer brasileiro; ter, no mínimo, dezoito anos de idade; estar quite com as obrigações militares e eleitorais; não possuir antecedentes criminais e ter Curso superior completo em nível de graduação, em qualquer área de formação.
ATRIBUIÇÕES: Portar arma de fogo e munição e atuar com possibilidade de exposição a situações de risco; lavrar termos de abertura e encerramento dos livros referentes às atividades cartorárias, de compromisso e de representação, e aos autos, para dar cumprimento às finalidades legais;elaborar e expedir certidões, declarações, guias, requisições, bem como expedir intimações e outros, para subsidiar os procedimentos policiais; escriturar e recolher fianças prestadas, bem como acautelar objetos, armas e valores encaminhados ao cartório; registrar, na íntegra, depoimentos e informações de partes envolvidas em querelas ou processos judiciais; colaborar na realização de sindicâncias, auxiliando o delegado no cumprimento dos atos próprios, e secretariar comissão de processos disciplinares e de processo especial; desempenhar funções técnico-administrativas, administrativas e outras de natureza não policial, no âmbito da Polícia Civil e da Secretaria de Segurança Pública; atender as determinações da Autoridade Policial e, outras atividades previstas em lei e/ou regulamentos próprios, bem como executar outras tarefas correlatas a carreira.
SUBSÍDIO: R$ 4.552,75 (quatro mil, quinhentos e cinquenta e dois reais e setenta e cinco centavos), acrescido de auxílio alimentação no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais).
BOLSA FORMAÇÃO: R$ 1.365,82 (um mil, trezentos e sessenta e cinco reais e oitenta e dois centavos).
JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
REGIME DE TRABALHO: A função policial sujeita-se à prestação de serviços em condições adversas de segurança, com risco de vida, plantões noturnos e chamadas a qualquer hora, desde que justificada a necessidade, inclusive com a realização de diligências policiais em todo o Estado de Roraima ou fora dele.
TAXA DE INSCRIÇÃO: R$ 160,00 (cento e sessenta reais)
Agente de Polícia Civil
REQUISITOS: Ser brasileiro; ter, no mínimo, dezoito anos de idade; estar quite com as obrigações militares e eleitorais; não possuir antecedentes criminais; possuir habilitação legal para a condução de veículos automotores (habilitação categoria B, AB ou superior) e ter curso superior completo em nível de graduação, em qualquer área de formação.
ATRIBUIÇÕES: Portar arma de fogo e munição e atuar com possibilidade de exposição a situações de risco; realizar atividades, investigando atos e fatos que caracterizem infrações penais, percorrendo locais ou zonas, observando pessoas e estabelecimentos que lhes pareçam suspeitos, visando à tomada de medidas preventivas ou repressivas; localizar vítimas e testemunhas, intimando-as e comunicando-as diretamente ou através de notificação, para permitir o esclarecimento de atos e fatos que devam ser averiguados; deter ou auxiliar na prisão de infratores da lei, por determinação superior ou judicial, ou em flagrante delito, recolhendo-os em viatura policial e encaminhando-os à delegacia, visando garantir a ordem pública e proteger a população; integrar equipes encarregadas de rondas, barreiras ou de outras atividades de natureza policial; registar boletins de ocorrência, coletando as informações e declarações dos envolvidos, quando necessário; coletar informações estatísticas; registrar imagens estáticas e em movimento; desempenhar funções técnico-administrativas, administrativas e outras de natureza não policial, no âmbito da Polícia Civil e da Secretaria de Segurança Pública; atender as determinações da Autoridade Policial e, outras atividades previstas em lei e/ou regulamentos próprios, bem como executar outras tarefas correlatas a carreira.
SUBSÍDIO: R$ 4.552,75 (quatro mil, quinhentos e cinquenta e dois reais e setenta e cinco centavos), acrescido de auxílio alimentação no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais).
BOLSA FORMAÇÃO: R$ 1.365,82 (um mil, trezentos e sessenta e cinco reais e oitenta e dois centavos).
JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
REGIME DE TRABALHO: A função policial sujeita-se à prestação de serviços em condições adversas de segurança, com risco de vida, plantões noturnos e chamadas a qualquer hora, desde que justificada a necessidade, inclusive com a realização de diligências policiais em todo o Estado de Roraima ou fora dele.
TAXA DE INSCRIÇÃO: R$ 160,00 (cento e sessenta reais).
Papiloscopista de Polícia Civil
REQUISITOS: Ser brasileiro; ter, no mínimo, dezoito anos de idade; estar quite com as obrigações militares e eleitorais; não possuir antecedentes criminais e ter Curso superior completo em nível de graduação, em qualquer área de formação.
ATRIBUIÇÕES: Portar arma de fogo e munição e atuar com possibilidade de exposição a situações de risco; planejar, organizar, coordenar, supervisionar e executar atribuições relacionadas com perícias especializadas na área de papiloscopia; realizar perícias de fragmentos ou impressões papilares em local de crime, documentos e objetos, com a finalidade de identificar seu autor; organizar arquivos e fotografias de indiciados e suspeitos de infrações penais, bem como proceder a elaboração e confecção de retrato falado; realizar perícias papiloscópicas e necropapiloscópicas, bem como elaborar e emitir respectivos laudos e pareceres técnicos; coletar impressões digitais e dados de qualificação de identificação civil e criminal para fins de emissão de carteira de identidade, atestados de antecedentes e folhas penais; organizar e manter o arquivo monodactilar de impressões digitais e palmares de delinquentes habituais contra o patrimônio, de forma a possibilitar a rápida e segura identificação dos mesmos, mediante fragmentos de impressões digitais colhidos em local de ocorrência de infrações penais; proceder a identificação neonatal, pelo método podoscópico, nas maternidades do Estado de Roraima, para emissão de carteira de identidade; proceder a identificação de vítimas de amnésia ou pessoas em coma nos hospitais; organizar e manter os arquivos decadactilares civil e criminal; chefiar unidade de identificação ou órgãos especializados em datiloscopia, bem como desenvolver estudos e pesquisas na área de identificação humana; desempenhar funções técnico-administrativas, administrativas e outras de natureza não policial, no âmbito da Polícia Civil e da Secretaria de Segurança Pública; atender às requisições da Autoridade Policial; e, outras atividades previstas em lei e/ou regulamentos próprios, bem como executar outras tarefas correlatas a carreira.
SUBSÍDIO: R$ 4.552,75 (quatro mil, quinhentos e cinquenta e dois reais e setenta e cinco centavos), acrescido de auxílio alimentação no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais).
BOLSA FORMAÇÃO: R$ 1.365,82 (um mil, trezentos e sessenta e cinco reais e oitenta e dois centavos).
JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
REGIME DE TRABALHO: A função policial sujeita-se à prestação de serviços em condições adversas de segurança, com risco de vida, plantões noturnos e chamadas a qualquer hora, desde que justificada a necessidade, inclusive com a realização de diligências policiais em todo o Estado de Roraima ou fora dele.
TAXA DE INSCRIÇÃO: R$ 160,00 (cento e sessenta reais).
Papiloscopista de Polícia Civil
REQUISITOS: Ser brasileiro; ter, no mínimo, dezoito anos de idade; estar quite com as obrigações militares e eleitorais; não possuir antecedentes criminais e ter Ensino médio.
ATRIBUIÇÕES: Portar arma de fogo e munição e atuar com possibilidade de exposição a situações de risco; integrar equipes de órgãos executivos na área de perícia especializada; auxiliar na execução de perícias externas ou internas, de âmbito geral; efetuar a lavratura de boletim de ocorrência para subsidiar estudos referentes ao trabalho pericial; executar serviços de fotografia, áudio e vídeo que se destinem à ilustração de laudos periciais; realizar serviços para obtenção de decalques de chassi de veículos para verificar a autenticidade de sua procedência; conduzir viaturas policiais; desempenhar funções técnico-administrativas, administrativas e outras de natureza não policial, no âmbito da Polícia Civil e da Secretaria de Segurança Pública; e, outras atividades previstas em lei e/ou regulamentos próprios, bem como executar outras tarefas correlatas a carreira.
SUBSÍDIO: R$ 3.035,16 (três mil, trinta e cinco reais e dezesseis centavos), acrescido de auxílio alimentação no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais).
BOLSA FORMAÇÃO: R$ 910,54 (novecentos e dez reais e cinquenta e quatro centavos).
JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
REGIME DE TRABALHO: A função policial sujeita-se à prestação de serviços em condições adversas de segurança, com risco de vida, plantões noturnos e chamadas a qualquer hora, desde que justificada a necessidade, inclusive com a realização de diligências policiais em todo o Estado de Roraima ou fora dele.
TAXA DE INSCRIÇÃO: R$ 120,00 (cento e vinte reais).
Auxiliar de Necropsia – Classe Inicial
REQUISITOS: Ser brasileiro; ter, no mínimo, dezoito anos de idade; estar quite com as obrigações militares e eleitorais; não possuir antecedentes criminais e ter e médio.
ATRIBUIÇÕES: Portar arma de fogo e munição e atuar com possibilidade de exposição a situações de risco; auxiliar nas remoções, necrópsias, exumações, operação e dissecação, recomposição, sutura e pesagens de cadáveres, sob orientação imediata do médico-legista ou odonto-legista, bem como cuidar da limpeza e desinfecção dos locais e instrumentos de trabalho; executar operações técnicas de menor complexidade em cadáveres; orientar e/ou executar a recomposição de cadáver, após a necrópsia; zelar pela conservação do instrumental, equipamentos e pela manutenção da câmara frigorífica; coletar material para exames de laboratório; ter responsabilidade pela limpeza e conservação das salas e instrumentos e equipamentos de trabalho; guardar, liberar, registrar a entrada e saída dos cadáveres no Instituto Médico Legal, apondo-lhes etiquetas indicativas; proceder a identificação de cadáveres através de impressões digitais e outros meios que se fizerem necessários; conduzir viaturas policiais; desempenhar funções técnico-administrativas, administrativas e outras de natureza não policial, no âmbito da Polícia Civil e da Secretaria de Segurança Pública; e, outras atividades previstas em lei e/ ou regulamentos próprios, bem como executar outras tarefas correlatas a carreira. SUBSÍDIO: R$ 3.035,16 (três mil, trinta e cinco reais e dezesseis centavos), acrescido de auxílio alimentação no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais). BOLSA FORMAÇÃO: R$ 910,54 (novecentos e dez reais e cinquenta e quatro centavos).
JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.
REGIME DE TRABALHO: A função policial sujeita-se à prestação de serviços em condições adversas de segurança, com risco de vida, plantões noturnos e chamadas a qualquer hora, desde que justificada a necessidade, inclusive com a realização de diligências policiais em todo o Estado de Roraima ou fora dele.
TAXA DE INSCRIÇÃO: R$ 120,00 (cento e vinte reais).

Requisitos para investidura no cargo

  • Ser aprovado no Concurso Público;
  • Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do § 1º do art. 12 da Constituição Federal;
  • Estar em gozo dos direitos políticos;
  • Estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais;
  • Possuir os requisitos exigidos para o exercício da carreira, descrito acima;
  • Ter idade mínima de dezoito anos completos na data da posse;
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições da carreira;
  • Possuir Carteira Nacional de Habilitação, categoria “B”, “AB”, ou superior em plena validade, conforme exigência de cada carreira;
  • Ter procedimento irrepreensível e idoneidade moral inatacável, os quais serão aferidos por meio de investigação relativa aos aspectos moral e social;
  • Não estar cumprindo sanção por inidoneidade, aplicada por qualquer órgão público federal, distrital, estadual ou municipal; e
  • Cumprir as demais determinações contidas neste edital, em editais complementares e na legislação em vigor.

Inscrição Concurso Polícia Civil PC RR 2018

As inscrições do concurso da Polícia Civil/RR 2018 serão realizadas entre 31 de agosto e 16 de outubro de 2018, no site oficial da organizadora do concurso (www.vunesp.com.br). A taxa de inscrição custará entre R$120,00 e R$260,00.

Etapas Concurso Polícia Civil PC RR 2018

concurso público da Polícia Civi/RR compreenderá duas fases. A primeira fase do concurso público compreenderá as etapas de provas objetivas, discursivas, avaliação psicológica, prova de capacidade física, prova oral, prova de títulos e investigação. Já a segunda fase será o curso de formação.
Primeira fase do concurso PC RR 2018
provas objetivas, de conhecimentos gerais e conhecimentos específicos, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade da Fundação VUNESP, para todas as carreiras;
prova discursiva, de conhecimentos específicos, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade da Fundação VUNESP, para a carreira de Delegado de Polícia Classe Substituta;
prova discursivade conhecimentos gerais (PROVA DE REDAÇÃO), de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade da Fundação VUNESP, para as carreiras de: Médico Legista de Polícia Civil Classe Inicial, Odonto-Legista de Polícia Civil Classe Inicial, Perito Criminal de Polícia Civil Classe Inicial (Várias Especialidades), Escrivão de Polícia Civil Classe Inicial, Agente de Polícia Civil Classe Inicial e Perito Papiloscopista de Polícia Civil Classe Inicial;
avaliação psicológica, de caráter eliminatório, de responsabilidade da VUNESP, para todas as carreiras; exames médicos, para todas as carreiras, de caráter eliminatório, serão realizados por junta médica composta de membro da Junta Médica do Estado de Roraima sob organização da VUNESP;
prova de capacidade física, de caráter eliminatório, de responsabilidade da VUNESP, para as carreiras de Delegado de Polícia Civil Classe Substituta e Agente de Polícia Civil Classe Inicial;
prova oral, para a carreira de Delegado de Polícia Civil Classe Substituta, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade da Fundação VUNESP;
prova de títulos, para as carreiras de Delegado de Polícia Civil Classe Substituta, Médico Legista de Polícia Civil Classe Inicial, Odonto-Legista de Polícia Civil Classe Inicial, Perito Criminal de Polícia Civil Classe Inicial (Várias Especialidades) de caráter classificatório, de responsabilidade da Fundação VUNESP;
investigação relativa aos aspectos moral e social, para todas as carreiras, de caráter eliminatório, de responsabilidade da Polícia Civil do Estado de Roraima.
Segunda fase do concurso PC RR 2018
Curso de Formação Profissional, ministrado pela Escola de Polícia Civil, com duração de 6 meses e carga horária mínima de 960 horas/aula, de caráter eliminatório, o qual no interesse e a critério justificado da Administração Superior da Polícia Civil, poderá ter sua duração reduzida para até quatro meses, de forma intensiva, observando-se a carga horária mínima de setecentos e vinte horas/aula e, Prova Final, versando sobre o conteúdo programático das disciplinas ministradas no Curso de Formação Profissional, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade da Polícia Civil do Estado de Roraima.
Todas as etapas serão realizadas na cidade de Boa Vista – RR.

Provas Concurso Polícia Civil PC RR 2018

Todas as fases deste Concurso Público serão realizadas na cidade de Boa Vista – RR. A prova objetiva e discursiva, serão aplicadas nos dias 15 e 16 de dezembro de 2018, conforme disposto abaixo.
A prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório, visa avaliar o conhecimento do candidato para o desempenho das atribuições da respectiva carreira, contendo questões de múltipla escolha, com 05 (cinco) alternativas cada uma, versando sobre o Conteúdo Programático constante do Anexo I.
A prova discursiva de conhecimentos gerais (Redação em Língua Portuguesa), de caráter eliminatório e classificatório, será composta de uma redação, na qual se espera que o candidato produza uma dissertação em prosa na norma-padrão da língua portuguesa, a partir da leitura de textos auxiliares, que servem como referencial para ampliar argumentos produzidos pelo próprio candidato. Ele deverá demonstrar domínio dos mecanismos de coesão e coerência textual, considerando a importância de apresentar um texto bem articulado.
A prova objetiva (Conhecimentos Gerais e Específicos) e discursiva (Conhecimentos Gerais), exceto para a carreira de Delegado Classe Substitutiva, serão aplicadas simultaneamente e terão duração de 4 horas e 30 minutos.
A prova discursiva (Conhecimentos Específicos), será composta de Estudo de Caso e Peça Processual para a carreira de Delegado de Polícia Classe Substituta, de caráter eliminatório e classificatório, visando avaliar o domínio do conhecimento jurídico e da prática processual, o desenvolvimento do tema na estrutura proposta, a correta fundamentação, a adequação da linguagem, a articulação do raciocínio jurídico e a capacidade de argumentação, necessários ao desempenho do cargo.
A prova discursiva (Conhecimentos Específicos) para a carreira de Delegado de Polícia Classe Substituta, terá a duração de 03 (três) horas e será aplicada no mesmo dia da prova objetiva, em turno diverso.
A avaliação psicológica, de caráter eliminatório, terá finalidade de avaliar se o candidato apresenta característica cognitivas e de personalidade favoráveis para o desempenho adequado da atividades inerentes ao cargo público pretendido, de acordo com o parâmetros do perfil psicológico estabelecido, inclusive no tocante ao porte e uso de arma de fogo. O exame biométrico de caráter eliminatório, visa aferir se o candidato goza de boa saúde física e psíquica para suportar o exercício das atividades típicas da carreira a que concorre.
O teste de aptidão física, de caráter eliminatório, visa avaliar o desempenho físico do candidato, que deverá obedecer aos padrões exigidos para as carreiras de Delegado de Polícia Civil e Agente de Polícia Civil.
A prova oral, somente para a carreira de Delegado de Polícia Classe Substituta, visa avaliar domínio do conhecimento jurídico, a articulação do raciocínio, a capacidade de argumentação e o uso correto do vernáculo.
A Prova de Títulos, de caráter classificatório, visa valorizar a formação acadêmica e a experiência profissional do candidato. A investigação social, de caráter eliminatório visa investigar a vida pregressa do candidato, no âmbito social, civil e criminal, bem como revelar se o candidato possuí comportamento incompatível com a função policial civil.
Informações do concurso
  • Concurso: Polícia Civil de Roraima
  • Banca organizadora: Fundação VUNESP
  • Escolaridade: médio e superior
  • Número de vagas: 330
  • Remuneração: Até R$18mil
  • Inscrições: entre 31 de agosto e 16 de outubro de 2018
  • Taxa de Inscrição: entre R$120,00 e R$260,00.
  • Provas: 15 e 16 de dezembro
  • Situação: EDITAL PUBLICADO


NOTÍCIAS    CONCURSOS

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.