Droga escondida em remédio é enviada via correspondência para Penitenciária de Iaras



Droga escondida em remédio é enviada via correspondência para Penitenciária de Iaras



SAP também registrou visitantes tentando entrar com drogas e objetos proibidos em presídios da região



O eficiente sistema de segurança da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) impediu a de entrada de droga enviada via correspondência para a Penitenciária “Orlando Brando Filinto” de Iaras. O caso ocorreu na última sexta-feira (3), por volta das 8h15 da manhã, quando agentes de segurança faziam a revista de rotina nos objetos recebidos. Os funcionários encontraram aproximadamente 52,5 gramas de cocaína escondidos dentro de tubos de pomada que foram enviados por visitante para sentenciado. A diretoria do presídio abriu Procedimento Disciplinar para apuração dos fatos.




Visitantes barrados com materiais ilícitos
A SAP também registrou, em outras unidades prisionais da região, tentativas frustradas de entrada de drogas com visitantes.




Penitenciária I de Serra Azul
No último sábado, 4, dois casos ocorreram na PI de Serra Azul. Ambos foram flagrados pelo aparelho de scanner corporal.
O primeiro flagrante ocorreu às 9h, quando esposa de sentenciado passava pelo scanner que identificou objeto estranho na calça dela. Ela foi conduzida à uma sala separada para troca de roupa. As agentes de segurança revistaram a calça da visitante e encontraram maconha no cós da vestimenta.
Às 10h, outro caso envolvendo droga no cós da calça foi registrado. Esposa de preso foi flagrada com maconha escondida na roupa. Também foi encontrada diversas anotações no lado avesso da peça.




Penitenciária de Ribeirão Preto
Dois flagrantes ocorreram na Penitenciária de Ribeirão Preto. O primeiro foi no sábado, 4, às 9h20 da manhã. Mulher de sentenciado foi flagrada pelo scanner corporal com objeto desconhecido na região anal. Ela foi encaminhada à um local separado e acabou retirando de forma voluntária um pacote recheado de maconha.


No último domingo, uma mulher foi flagrada escondendo maconha dentro de pacotes de fumo. A droga estava dentro de uma sacola e foi encontrada pelos agentes de segurança no momento da revista nos pertencentes da visitante, esposa de sentenciado. O fato ocorreu às 11h15.  


CDP de Ribeirão Preto
Pai de detento foi impedido de entrar no Centro de Detenção Provisória (CDP) “Nayan Xavier Ribeiro”, de Ribeirão Preto, no último sábado, 4, por volta das 8h40. Ele foi barrado pelo scanner corporal que detectou objeto no bolso da calça. Tratava-se de um acessório de comunicação - fone de ouvido.




Penitenciária de Araraquara
Mulher de sentenciado foi flagrada com aparelho carregador de celular nos pertences. O caso ocorreu no último sábado, 4, aproximadamente às 8h10 da manhã. O objeto eletrônico estava escondido em uma blusa de frio dentro de compartimento.  
Em todos os casos, o plantão policial foi acionado para lavrar Boletim de Ocorrência (BO). Também foi instaurado Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade dos presos que receberiam os entorpecentes.
A SAP informa que pessoas flagradas tentando enviar materiais ilícitos via correspondência ou tentando adentrar com objetos proibidos em unidades prisionais são automaticamente suspensas do rol de visitas.
Atenciosamente,

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.