Prefeitura homenageia alunos da Emef Amélia Maron por desempenho em concurso de robótica


Prefeitura homenageia alunos da Emef Amélia Maron por desempenho em concurso de robótica


         Treze alunos do 7º ano da Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Amélia Abujamra receberam das mãos do prefeito Lucas Pocay medalhas de honra ao mérito pelo desempenho obtido em concurso de robótica. A premiação ocorreu terça-feira (28) no CREF (Centro de Referência de Ensino Fundamental) como reconhecimento pelo terceiro lugar conquistado no campeonato estadual de robótica, ocorrido em julho, em São Paulo.


         O prefeito Lucas Pocay comemorou a participação e o resultado dos alunos ressaltando que projetos como esse colaboram para uma formação elevada, além de preparar os jovens para a vida.


“É gratificante ver crianças envolvidas em um projeto que trabalha raciocínio lógico, formação, desenvolvimento do intelecto. Nosso objetivo é ampliar. O que queremos é trabalhar cada vez mais de forma completa, envolvendo diversas áreas, como robótica, cidadania, meio ambiente, educação de forma ampla”, destaca o prefeito.

         A participação dos alunos teve início no projeto voluntário do professor de matemática, inglês e informática, Vagner Campeão, que começou a dar aulas de robótica fora do horário escolar, desenvolvendo o conhecimento dos estudantes até que estivessem aptos a participar.
“As aulas foram acontecendo, os alunos se engajando, foram construindo robôs e, a partir disso, vimos a oportunidade de participar da competição. Para isto, conseguimos parceria com a comunidade e a prefeitura também ajudou muito com o transporte, viabilizando a viagem até São Paulo. Nós tivemos quatro equipes de Ourinhos inscritas, mas só o Amélia conseguiu a medalha de bronze”, explica o professor.
         Vagner salienta que as aulas de robótica estimulam inúmeras competências pessoais.
“Na verdade, constrói o raciocínio lógico e matemático, ensina a trabalhar em equipe, a ser parceiro. Muitas vezes não cabe dentro da sala de aula de português ou matemática, mas em uma competição acaba atingindo esses objetivos. A programação, a construção do robô, o cuidado com o material que é muito frágil, o transporte, enfim”, completa.
         O aluno Mateus Pereira Salvador se empolgou com o resultado da experiência. “Gostei da oportunidade. Está sendo bom aprender muito, conviver com os meus colegas, com o professor, fazer coisas legais, o contato com novas tecnologias. Deu um medo no início, mas fomos muito bem, apesar da competitividade. Feliz por sermos homenageados pelo Prefeito de Ourinhos com esta medalha”, celebra.


Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.