7 DICAS PARA VOCÊ ACABAR COM A INSÔNIA E DORMIR MELHOR

7 DICAS PARA VOCÊ ACABAR COM A INSÔNIA E DORMIR MELHOR

22.06.2015
sono; produtividade; cansaço (Foto: ThinkStock)
Seus bocejos não mostram o real cansaço do seu corpo (Foto: ThinkStock)
Saiba o que fazer para adormecer rápido e não perder a produtividade no seu dia
Empreendedores têm uma vida muito atarefada. Muito trabalho, reuniões, contatos telefônicos e inúmeros problemas para resolver todos os dias. Com uma sobrecarga tão acentuada, sobra pouco tempo para dormir. E, na hora de deitar, por ironia do destino, vem a insônia.
A sucessão de noites com poucas horas de sono causa muitos problemas ao empreendedor. Seu raciocínio fica mais lento e, consequentemente, mais propenso a erros. E as falhas levam a mais trabalho, que leva a mais noites sem dormir. O círculo é vicioso.
Segundo a americana Lolly Daskal, especialista em empreendedorismo, há uma série de truques que você pode adotar para dormir mais e não sofrer de insônia. E sem deixar de ser produtivo. Confira:
1. Relaxe antes de dormir
O ideal, para Lolly, é que todos parem de trabalhar no fim da tarde. Mas, como isso nem sempre é possível, ela recomenda que ao menos você tenha um tempinho para relaxar antes de dormir. Ou você vai para a cama com toda a tensão de um dia e sem sono. Por isso, tome um bom banho, respire fundo, relaxe e só aí deite-se.
2. Sem cafeína após às 15h
A cafeína ingerida leva, em média, sete horas para ser expelida pelo organismo. Ou seja, se você tomar café até 22h, por exemplo, você terá uma substância que ajuda a se manter acordado até às 5h. Por isso, é interessante que você pare de ingerir cafeína após às 15h. Assim, haverá cafeína no seu sangue até o fim do expediente. E, na hora de dormir, você provavelmente estará "limpo" da substância.
3. Desligue suas telas
A especialista se baseia em uma série de estudos, que associa a luz de dispositivos como a TV e o celular ao decréscimo dos níveis da melatonina, um hormônio que nos ajuda a dormir. Há estudos que mostram que a baixa quantidade da substância pode levar ao desenvolvimento de tumores. Por isso, na hora de dormir, desligue os aparelhos.
4. Busque a luz
Outra pesquisa concluiu que pessoas que trabalham longe de janelas dormem, em média, 46 minutos a menos do que quem fica perto da luz natural – que é também fonte de melatonina. Se não há janelas próximas a você e nem chances de você trabalhar em uma, faça o possível para passar um tempo sob o Sol. Você pode tentar fazer isso na hora do almoço, por exemplo.
5. Pare de pensar em produtividade
De acordo com Lolly, é bastante comum ver gente falando que dormir é perda de tempo. Que, em vez de descansar, vale mais a pena trabalhar. Tais afirmações são incorretas. O motivo é simples: é melhor que você durma do que trabalhar com sono e ter uma produtividade pífia e maior chance de cometer erros.
6. Estar com sono não diz muita coisa
Estudos mostram, e é provável que você também sinta, que dormir dá mais sono. E que, em dias com poucas horas de sono, você se sinta razoavelmente bem. Lolly diz que tais sensações não devem ser tão levadas em conta. Ela diz que seu corpo se ajusta para se manter acordado, mas o foco e a produtividade são diretamente proporcionais à quantidade de horas dormidas. Ou seja, seu cérebro funcionará muito bem após uma boa noite de sono.
7. Tenha bons hábitos
O sono está intrinsecamente ligado a outros hábitos da sua vida. Quando você dorme bem, sua imunidade fica mais alta e seu cérebro funciona melhor. E vice-versa. Ou seja: para dormir bem, mantenha seu corpo são. Faça atividades físicas e visite seu médico regularmente.
PEGN

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.