Filho de candidato a deputado é assassinado na RMC. Pai diz que crime foi para atingi-lo

Filho de candidato a deputado é assassinado na RMC. Pai diz que crime foi para atingi-lo
TRIBUNAPR   26/09/2018


Daniel Antônio Oliveira, 19 anos, filho do candidato a deputado federal José Carlos Oliveira (PT) foi morto a tiros na noite desta terça-feira (25). O crime aconteceu bem na esquina das ruas Brasílio Cavalim Carvalho com Olímpio Ferreira da Cruz, no bairro Miringuava, em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba (RMC).Daniel-antonio-de-oliveira2
Segundo a polícia, o rapaz estava na rua com um amigo quando a dupla foi abordada pelo atirador que estaria numa Zafira. Apesar de estar acompanhado, apenas Daniel foi baleado na cabeça.
Logo após os disparos, familiares do rapaz teriam chegado ao local e, na tentativa de socorrê-lo, teriam até carregado ele ferido por uma quadra, mas ainda assim o jovem não resistiu. Segundo os bombeiros, Daniel morreu antes mesmo da chegada do socorro.
Foto: Reprodução/Facebook.
Nas redes sociais, o pai do rapaz, José Carlos Oliveira, fez várias postagens denunciando o crime. Segundo o homem, o assassinato aconteceu para atingi-lo. “Assassinos profissionais. Tudo leva a um crime político. Mataram Daniel para me atingir, para acabar comigo”, disse o candidato, pedindo ainda segurança.
A reportagem da Tribuna do Paraná entrou em contato com a Polícia Civil para apurar se o assassinato pode mesmo ter ligação com a vida política do pai do rapaz ou se teve outra motivação que já foi descoberta pelas equipes de investigação. Apesar disso, ainda não é possível dizer o que motivou o crime, que já começou ser investigado pelos policiais da Delegacia de São José dos Pinhais.
O Partido dos Trabalhadores (PT) do Paraná, em nota, lamentou e se solidarizou com a morte. Segundo o partido, o crime é “uma tragédia que precisa ser investigada imediatamente”, reforçando que já foi solicitado às autoridades que as medidas cabíveis sejam tomadas. “Força ao José Carlos, familiares e amigos. Daniel presente”.
TRIBUNAPR

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.