IBAMA tem 1.888 vagas para novo concurso público em análise no Planejamento! Até R$7mil!



IBAMA tem 1.888 vagas para novo concurso público em análise no Planejamento! Até R$7mil!


Edital do concurso foi solicitado para repor o quadro de servidores; Oportunidades para nível médio e superior


Por Saulo Moreira 18/10/2018
NOTÍCIAS CONCURSOS



É grande a expectativa de realização do edital de concurso do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Edital Concurso IBAMA 2018). O pedido de concurso, analisado pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), recebeu um novo avanço na pasta. Anteriormente solicitado com 1.630 vagas, agora o novo pedido, enviado no final de maio, conta com nada menos que 1.888 vagas.
De acordo com o protocolo integrado do Ministério, o pedido chegou à Divisão de Concursos Públicos e teve o nível de acesso alterado de geral para público. A expectativa é que o processo avance nos próximos dias.
Para ser autorizado, o pleito ainda precisar por alguns setores do MPOG, entre eles as Secretaria Executiva e de Orçamento, Assessoria Jurídica e o gabinete do atual ministro do Planejamento, Esteves Colnago. Ainda não há uma data específica para autorização do concurso IBAMA.

O pedido de Concurso IBAMA

Para o edital de concurso IBAMA 2018 foram solicitadas oportunidades para os cargos de Analista Administrativo (297 vagas), Analista Ambiental (832 vagas) e Técnico Administrativo (759 vagas). O salário do técnico chega a R$3.712,72, já incluso auxílio-alimentação. Os salários de analista chegam a R$ 7.675,45, além do auxílio-alimentação no valor de R$458,00.
De acordo com o Ministério, o quantitativo de vagas não cria uma nova estrutura, mas sim repõe o quadro de servidores, desfalcado com pedidos de exoneração e aposentadoria. O concurso do IBAMA é de extrema importância, conforme informou o diretor da Associação Nacional dos Servidores Ambientais (Ascema Nacional) Emerson Luiz. “Há uma defasagem muito grande, principalmente em razão das aposentadorias de servidores que estão deixando o órgão com receio da reforma da previdência. Fora que ainda tem muitos que já tem as condições necessárias”, disse.
Os cargos oferecidos no concurso IBAMA
Requisitos para concorrer ao cargo de Analista Administrativo: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro no órgão de classe específico, quando for o caso.
O que faz um Analista Administrativo? São atribuições do cargo de Analista Administrativo o exercício de todas as atividades administrativas e logísticas relativas ao exercício das competências constitucionais e legais a cargo do IBAMA, fazendo uso de todos os equipamentos e recursos disponíveis para a consecução dessas atividades. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.
De acordo com o último edital publicado, as oportunidades foram destinadas aos estados do Acre, Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Paraná, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins.

Requisitos para concorrer ao cargo de Analista Ambiental: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro no órgão de classe específico, quando for o caso.
O que faz um Analista Ambiental? planejamento ambiental, organizacional e estratégico afeto à execução das políticas nacionais de meio ambiente formuladas no âmbito da União, em especial as que se relacionam com as seguintes atividades; regulação, controle, fiscalização, licenciamento e auditoria ambiental; monitoramento ambiental; gestão, proteção e controle da qualidade ambiental; ordenamento dos recursos florestais e pesqueiros; conservação dos ecossistemas e das espécies neles inseridas, incluindo seu manejo e proteção; e estímulo e difusão de tecnologias, informação e execução de programas de educação ambiental. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.
Conforme o último edital publicado, as vagas do concurso IBAMA foram para o Acre, Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Paraná, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins.

Edital Concurso IBAMA 2018

Os últimos editais publicados contaram sob organização do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), mais conhecido como Cespe/Unb. A expectativa é que os novos editais sejam publicados pela mesma empresa, tendo papel de receber a Inscrição, assim como aplicar as provas do concurso IBAMA.

Conteúdo: Disciplinas cobradas

As matérias cobradas no cargo de Analista Administrativo (de acordo com o último edital), foram as de Língua Portuguesa, Informática, Matemática, Raciocínio Lógico, Atualidades, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Legislação do setor de meio ambiente, Administração Geral e Pública, Administração Orçamentária, Financeira e Orçamento Público, Gestão de Pessoas e Administração de Recursos Materiais.
Já para Analista Ambiental, também de acordo com o último edital, foram as de Língua Portuguesa, Atualidades, Ética no Serviço Público, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Legislação do setor de meio ambiente, além de conhecimentos específicos, separados por temas.
Por fim, para Técnico Administrativo são cobrados conhecimentos de Língua Portuguesa, Noções de Informática, Atualidades, Matemática, Ética no Serviço Público, Noções de Direito Constitucional, Direito Administrativo, Legislação do Setor de Meio Ambiente, Noções de Administração, Noções de Gestão de Pessoas e Noções de Arquivologia.
Os conteúdos, conforme visto, são grandes, o que exigem uma preparação antecipada e adequada por parte do candidato.

IBAMA tem vagas para nível médio?

A resposta é sim. O IBAMA também possui em seu quadro de servidores, a função de Técnico Administrativo, cargo que requer o nível médio completo. O último concurso IBAMA para nível médio foi realizado no ano de 2012. A validade do concurso encerrou em 17 de dezembro de 2016 e não pode ser mais prorrogado, o que pode fazer com que um novo concurso seja realizado.
Requisitos do cargo de Técnico Administrativo: diploma, devidamente registrado, de conclusão de ensino médio (antigo segundo grau) ou de curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação.
O que faz um Técnico Administrativo? atua em atividades administrativas e logísticas de apoio relativas ao exercício das competências constitucionais e legais a cargo do IBAMA, fazendo uso de equipamentos e recursos disponíveis para a consecução dessas atividades. Além disso, o técnico deve realizar atividades de nível intermediário que envolvam o suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais do IBAMA, com atuação nas áreas de controle interno, documentação, gestão de pessoas, material, patrimônio, contratos e convênios, finanças e contabilidade, compreendendo o levantamento de dados, a elaboração de relatórios estatísticos, planos, programas e projetos; a pesquisa de legislação; a emissão de relatórios técnicos e informações; a distribuição e controle de materiais de consumo e permanente; o acompanhamento da execução e fiscalização de contratos; a elaboração e conferência de cálculos diversos; a elaboração, revisão, reprodução, expedição e arquivamento de documentos e correspondências; o atendimento ao público interno e externo na sua unidade; a realização 2 de trabalhos que exijam conhecimentos básicos e/ou específicos de informática; outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade que venham a ser determinadas pela autoridade superior, bem como atividades acessórias às constantes deste rol. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

Último Concurso foi divulgado em 2012

Realizado em 2012, o último concurso do IBAMA contou com 108 vagas para analista ambiental, 61 para analista administrativo e 300 para técnico administrativo (nível médio). As oportunidades foram para as áreas de licenciamento ambiental, monitoramento, regulação, controle, fiscalização e auditoria ambiental; e gestão, proteção e controle da qualidade ambiental. No último concurso foram 18 estados contemplados, além da capital federal.
NOTÍCIAS CONCURSOS

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.