Magno Malta, que não tem mandato, pode assumir ‘Ministério da Família’ do governo Bolsonaro



Magno Malta, que não tem mandato, pode assumir ‘Ministério da Família’ do governo Bolsonaro
DCM






31 outubro, 2018 

Reportagem de Anna Virginia Balloussier na Folha de S.Paulo informa que seria uma pasta só sob o selo social, que abarcaria Desenvolvimento Social e Direitos Humanos. E, em seu comando, um dos aliados de primeira hora do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), o senador Magno Malta (PR), que não conquistou a reeleição no Espírito Santo.

De acordo com a publicação, nos bastidores, fala-se não só no nome do senador que é também pastor evangélico e cantor gospel, mas também num rebatismo da área: poderia se chamar Ministério da Família. O próprio Magno Malta teria usado o termo, segundo duas pessoas com quem ele esteve e com quem a Folha conversou (e que pediram para não ser identificadas). Sua assessoria nega.

O pastor Silas Malafaia recebeu Bolsonaro para um culto na terça (30), em sua Assembleia de Deus Vitória em Cristo, e retribuiu a visita, indo à sua casa no dia seguinte. Conta à Folha que não ouviu do capitão reformado a intenção de criar uma pasta com família no nome, mas escutou, sim, que Malta é uma peça garantida em seu governo, completa a Folha.

DCM

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.