Bolsonaro volta atrás e diz que deve manter ensino superior no MEC

13/11/2018
Bolsonaro volta atrás e diz que deve manter ensino superior no MEC
BAHIA.BA
Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Proposta inicial do presidente eleito era de que a administração das universidades ficaria sob o comando do Ministério da Ciência e Tecnologia

O presidente eleito Jair Bolsonaro voltou atrás da proposta de retirar a gestão do ensino superior do Ministério da Educação (MEC). A proposta inicial do futuro mandatário era de que a administração das universidades ficaria sob o comando do Ministério da Ciência e Tecnologia, para o qual já foi indicado o astronauta Marcos Pontes.
Ele afirmou, nesta terça-feira (13), que deve manter a gestão do ensino superior com o MEC. Bolsonaro deu a declaração antes de encontrar com o presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro João Batista Brito Pereira, em Brasília. É a segunda vez que ele retorna à capital depois de eleito.
O presidente eleito chegou a Brasília na manhã desta terça, onde despachou com assessores e futuros ministros no Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB), local em que funciona o governo de transição.
BAHIA.BA

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.